Fatores associados a hábitos de saúde bucal e utilização de serviços odontológicos entre adolescentes

Rosane Silvia Davoglio, Denise Rangel Ganzo de Castro Aerts, Claídes Abegg, Silvia Letícia Freddo, Lisiane Monteiro
2009 Cadernos de Saúde Pública  
Estudo transversal com 1.170 adolescentes da sétima série da rede pública municipal de Gravataí, Rio Grande do Sul, Brasil, investigando a associação de fatores sócio-demográficos, psicossociais e relacionados ao estilo de vida com hábitos de saúde bucal e utilização de serviços odontológicos. Os dados foram analisados por regressão de Cox modificada para estudos transversais. As meninas tiveram maior freqüência de escovação dentária assim como aqueles que relataram não se sentirem
more » ... ntirem discriminados ou sozinhos. O uso diário de fio dental associou-se à melhor inserção sócio-econômica, à busca por serviços privados, à compreensão dos pais e à ausência de sentimento de solidão. A freqüência anual de utilização de serviços odontológicos foi maior entre os de inserção sócio-econômica mais alta. Houve maior busca de serviços por motivo preventivo entre aqueles com melhor inserção sócio-econômica, os que se sentiram compreendidos pelos pais e os que não costumavam consumir doces. Os hábitos de saúde bucal apresentaram associação com inserção sócio-econômica familiar e com fatores psicossociais, exceção à utilização anual de serviços. Quanto ao estilo de vida, o baixo consumo de doces repercutiu positivamente sobre o motivo da visita ao serviço.
doi:10.1590/s0102-311x2009000300020 pmid:19300854 fatcat:m7ciici6ezgepkdi5u2lpz3i7e