Seletividade de herbicidas em espécies de gramas ornamentais

Patricia Andrea Monquero, José Miguel Filho, Aline Baldini Gutierrez, Lincon Nunes Barbosa
2012 Revista Brasileira de Herbicidas  
Resumo -O objetivo desse trabalho foi verificar a seletividade de herbicidas, aplicados em diferentes épocas, em espécies de gramas ornamentais. O primeiro experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições, em esquema fatorial 4 x 5 x 2. Os fatores corresponderam à aplicação dos herbicidas em pré-plantio (sulfentrazone -800 g ha -1 , smetolachlor -1440 g ha -1 , atrazina -2000 g ha -1 , além de testemunha sem aplicação de herbicida) em cinco espécies de
more » ... cinco espécies de gramas: Zoysia japonica (esmeralda), Axonopus compressus (são carlos), Paspalum notatum (batatais), Zoysia tenuifolia (japonesa), Stenotaphrum secundatum (santo agostinho) em dois tipos de solo quanto a textura (argilosa e média), além das testemunhas, sem aplicação de herbicida. No segundo experimento, o delineamento foi inteiramente casualizado, com quatro repetições, em esquema fatorial 6 x 5, sendo cinco herbicidas: atrazina (2000 g ha -1 ), sulfentrazone (800 g ha -1 ), halosulfuron (112,5 g ha -1 ), bentazon (0,72 g ha -1 ) e 2,4-D (670 g ha -1 ), aplicados sobre as cinco gramíneas citadas e testemunhas sem aplicação de herbicida. As avaliações visuais foram feitas aos 7, 14, 21, 28 e 35 dias após a aplicação dos herbicidas. Todos os herbicidas aplicados em pré-plantio foram seletivos para as espécies estudadas, independente da textura do solo. No experimento com pós-emergentes, as gramas são carlos e batatais foram sensíveis a atrazina, com 38 e 33% de fitotoxicidade aos 21 DAA. Entretanto, a recuperação da grama batatais foi mais efetiva aos 35 DAA. O herbicida sulfentrazone provocou fitotoxicidade apenas na grama são carlos. Os herbicidas bentazon, 2,4-D e halosulfurom aplicados sobre as plantas foram seletivos para todas as espécies estudadas. Abstract - The experiment was conducted with the objective of evaluating the selectivity of herbicides, applied in different times, in ornamental turf grasses. The first experiment was conducted in greenhouse conditions in randomized entirely design, with four replications, in a 4 x 5 x 2 factorial scheme. The factors corresponded to the pre-planting application herbicides ( sulfentrazone -800 g ha -1 , s-metolachlor -1440 g ha -1 and atrazine -2000 g ha -1 and control without herbicide application) in five species of turfgrass: Zoysia japonica (emerald), Axonopus compressus (blanket grass), Paspalum notatum (bahia grass), Zoysia tenuifolia (no-mow grass), Stenotaphrum secundatum (sant agostine grass), in sandy loam and clayey texture soils. In the second experiment, the experimental design was completely randomized, with four replications in a 6 x 6 factorial scheme. The factors corresponded to the five post emergence herbicides: atrazine (2000 g ha -1 ), sulfentrazone (800 g ha -1 ), halosulfuron (112.5 g ha -1 ), bentazon (0.72 g ha -1 ) and 1 Recebido para publicação em
doi:10.7824/rbh.v11i3.171 fatcat:47mz6zkpojgbpnvegtuce67whe