REFERÊNCIAS HEMATOLÓGICAS E BIOQUÍMICAS EM COELHOS DOMÉSTICOS (Oryctolagus cuniculus) DA REGIÃO DE CANOAS (RS)

Luize Brenner, Jessica Laux, Kimberli De Oliveira Duarte, Elisandro Oliveira dos Santos, Mariangela Da Costa Allgayer
2021 Veterinária e Zootecnia  
Os coelhos domésticos (Oryctolagus cuniculus) são criados para produção de carne, lã, pele, pesquisas em laboratório e como animais de companhia. O objetivo do presente trabalho é determinar os parâmetros hematológicos e bioquímicos de coelhos domésticos com raças variadas, no Hospital Veterinário da Universidade Luterana do Brasil (ULBRA/CANOAS–RS). Para a determinação bioquímica foram utilizados kits reagentes Labtest®, analisados em espectrofotômetro BA-88 Mindray®, o hemograma foi realizado
more » ... em contador hematológico (Sysmex® PocH-100iV Diff) com diferenciação leucocitária por microscopia óptica. A proteína plasmática total (PPT) foi realizada por refratometria, para o fibrinogênio usou-se a técnica de precipitação por calor. Os valores bioquímicos obtidos foram: Albumina 4,0 – 5,2 g/dL, alanina aminotransferase (ALT) 42,0 – 68,0 UI/L, creatinina 1,1 – 1,3 mg/dL, gama-glutamil transferase (GGT) 21,0 – 27,0 UI/L e ureia 38,0 – 46,0 mg/dL. Os parâmetros hematológicos foram: Eritrócitos (x106μL) 5,4 – 6,8; hematócrito (%) 41 – 49; Volume Corpuscular Médio (VCM) (fL) 71 – 77; Amplitude de Distribuição dos Eritrócitos (RDW) (%) 13,2 – 17,8; plaquetas (μL) 328.000 – 544.000; PPT (g/dL) 6,5 – 7,7; fibrinogênio (mg/dL) 12 – 300; leucócitos totais (μL) 5.800 – 10.800; heterófilos (μL) 1.400 – 4.400; eosinófilos (μL) 0 – 360; linfócitos (μL) 2.800 – 6.600; monócitos (μL) 40 – 800; basófilos (μL) 0 – 36.
doi:10.35172/rvz.2021.v28.672 fatcat:yy2354anonh2xpf4kq7fq7jiw4