A PROGRAMAÇÃO DIDÁTICA DO CBC DE LÍNGUA PORTUGUESA À LUZ DO ESTUDO DE GÊNEROS

Maria de Fátima Ribeiro Santos
2009 Memento  
Mestranda/PosLin/UFMG 1. Introdução Em Minas Gerais, entre 1997 e 1998, os gestores da administração pública deram início ao processo de elaboração dos Conteúdos Básicos Curriculares (doravante CBCs) cuja principal proposta é o estabelecimento de um programa curricular unificado e obrigatório para todas as escolas da rede estadual. Em 2003 e 2004, o documento teve sua versão preliminar discutida por professores participantes do Projeto Escolas-Referência e em 2005, foram apresentadas a todos os
more » ... sentadas a todos os professores. Assim, esse documento tem como objetivo principal servir de parâmetro para a verificação do ensino promovido pelas escolas estaduais, além de constituir-se como regulador do processo de avaliação das instituições e de seus profissionais. Em 2006, entretanto, a Resolução SEE/MG nº. 833 de 24/11/06 modifica o currículo de Língua Portuguesa do Ensino Médio a ser implantado obrigatoriamente pelas escolas do "Projeto Escolas-Referência", ficando sua adoção facultada às demais escolas que reunissem as condições necessárias para tal. Apesar de apresentar-se com uma nova estrutura, optou-se por manter a abordagem norteadora de sua primeira versão. Esse artigo tem como objetivo investigar, de modo geral, qual é a proposta do CBC de Língua Portuguesa para o ensino de gêneros, e de modo específico, quais são as representações sociodiscursivas presentes em dois manuais didáticos de Língua Portuguesa sobre esses estudos, tendo em vista que se constitui como um trabalho resultante das escolhas teórico-metodológicas de seus autores enquanto agentes educacionais. A Comunicação Didática Para Galatanu (1996) a comunicação didática é
doaj:0be08a17f1754c6184001a30de2ac16b fatcat:vnfcwjpzy5bbxcs77ey6qv432i