"A influência do controle de qualidade em telerradiografias em norma lateral e na obtenção de pontos cefalométricos" [thesis]

Ana Lucia Tolazzi
DEDICATÓRIA Aos meus amados e dedicados pais Jandira (in memoriam) e Clovis José Tolazzi que estruturaram a base familiar, semeando oportunidades e ensinamentos. Não mediram esforços para minha educação, na formação pessoal e profissional para que alcançasse a felicidade com conhecimentos, alegrias e triunfos. Meu amor, gratidão e admiração. Aos meus queridos afilhados Karine Dall´Oglio Tolazzi, Eduardo Tolazzi Filho, Fernanda Reis Tolazzi e Rafaela Mozzatto, como estímulo para que busquem o
more » ... ra que busquem o aperfeiçoamento. O conhecimento amplia horizontes e enriquece a vida, sendo um bem muito preciso o qual ninguém poderá tirar de vocês, que são meus maiores e especiais presentes. Vibro com suas vitórias, conquistas e realizações. MINHA GRATIDÃO Aos meus queridos irmãos Francisco Ricardo, Renato e Eduardo, nossa amizade, respeito e união impulsionam o mais nobre sentimento de afeto. A confiança e o apoio são estímulos de novas realizações. Ao professor Doutor Jurandyr Panella, por me conceder a oportunidade de realizar esta grande conquista. As experiências me fortaleceram e com certeza, possibilitaram meu crescimento. Meu reconhecimento e amizade. Aos mestres, professor Monir Tacla e professor Doutor Fernando Henrique Westphalen, responsáveis pelos meus primeiros conceitos e primeiros passos na ciência da Radiologia, os grandes incentivadores da minha carreira docente. Suas orientações, amizade e estímulos proporcionam muitas alegrias e realizações. É muito bom contar com o carinho e conhecimento de um pai e um irmão de coração na encantadora arte de ensinar e aprender. Aos meus admiráveis primos Kátia e Victor Gugisch por me concederem a chave da realização profissional. A amizade, o incentivo, o respeito, a confiança de todos os momentos são fundamentais para meu aperfeiçoamento. AGRADECIMENTO ESPECIAL Ao meu estimado orientador professor Doutor Israel Chilvarquer, Aprendi a compreendê-lo e perceber seus valores de ciência, respeito, amizade e estímulos. Durante a condução e desenvolvimento deste trabalho muitos fatos e circunstâncias nos surpreenderam e procuramos, por meio da ciência, palavras e atitudes, ampliar conceitos e fortalecer conhecimentos. Cada vez mais é preciso estar consciente, que a humanidade necessita de homens que pensem e que saibam pensar bem, pois sendo assim, estes ensinarão outros a fazerem o mesmo. Meus sinceros agradecimentos em conduzir meus pensamentos à busca de bens muito precisos, como o saber, o conhecimento, promovendo assim, meu aperfeiçoamento pessoal e capacitação profissional. AGRADECIMENTOS Várias pessoas foram fundamentais para realização deste trabalho. Algumas pelo auxílio na pesquisa do material e estruturação do trabalho final, outras pelo encorajamento, boa vontade, experiências, conhecimentos ou simplesmente por estarem presentes. Mesmo correndo o risco de cometer injustiças, gostaria de agradecer em especial às seguintes pessoas e instituições: Aos professores do curso de doutorado do Programa de Pós-Graduação em Odontologia, em especial do Departamento de Estomatologia e da disciplina de Radiologia da FOUSP, pela contribuição na minha formação e aperfeiçoamento profissional. À professora Doutora Marlene Fenyo Pereira e ao professor Doutor Cláudio Fróes de Freitas, exemplos de conduta, dinamismo e trabalho, pela amizade sincera, pelos conhecimentos e pelo apoio. Meu carinho e respeito. Aos colegas do curso de Pós-graduação, pela amizade, cordialidade, experiências e colaborações. Estudamos muito, somamos alegrias e poucas vezes tivemos que dividir momentos pouco felizes. Foi uma convivência especial. À Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), por minha formação acadêmica e pelas oportunidades na carreira docente. Aos professores do curso de Odontologia da PUCPR, nos programas de aprendizagens Fundamentos e técnicas radiológicas e Técnicas e interpretações radiográficas, diretor do curso e professor Monir Tacla, professor Doutor Fernando Henrique Westphalen, professor Doutor Paulo Henrique Couto Souza e professor Tertuliano Ricardo Lopes, pelo apoio, colaboração e pela imensa boa vontade e disposição em dividir tarefas. À equipe de professores dos Cursos de Especialização em Radiologia Odontológica e Imaginologia, da ABO -Pr e PUCPR. Aos meus alunos de graduação e especialização, com os quais aprendo muito e pelos quais me esforço para buscar cada vez mais conhecimentos e praticar com acerto a arte de ensinar e a arte de aprender. Ao professor Doutor Hiroshi Maruo, por semear, incentivar e acolher a idéia deste trabalho, pelo seu desprendimento, otimismo e acima de tudo, conhecimentos. Ao professor Doutor Mustaphá Amad Neto, pela gentileza e atenção com que sempre me recebeu e pelas experiências transmitidas. , o esforço, o empenho, a dedicação e o conhecimento de cada um foi fundamental para realização deste trabalho. Ao professor Doutor Sérgio Aparecido Ignácio, pela seriedade, dedicação e competência nas análises estatísticas. À equipe do LABRADES, que contribuem para que o conceito desta clínica de Radiologia seja cada vez mais sólido, por me apoiarem e compreenderem minhas ausências em diversos períodos. Às queridas amigas Schwartz, Thayane Simões e minha querida tia Eladir Maria Benites, por estarem sempre ao meu lado, me estimulando, colaborando com toda boa vontade e pelo apoio incondicional de sempre. Cada uma de vocês sabe da importância, do valor e do significado de suas amizades para minha vida. Ao amigo Wellington Menyrval Zaiter sempre gentil e atencioso. As famílias de João Carlos Tolazzi e Clayton Reis pelo apoio e solidariedade. Meu carinho e respeito. Odontologia da USP, que me receberam com simpatia, alegria e gentilmente sempre agilizaram minha documentação. Às secretárias da Pós-Graduação da Faculdade de Odontologia da USP em especial a Senhora Cátia Tiezzi dos Santos e Sra. Nair Hatsuko Tanaka Costa, minha gratidão por toda atenção e respeito, minha admiração pela competência e eficiência. Ao Serviço de Documentação Odontológica da FOUSP, em especial a Senhora e simpatia dispensada. Meus sinceros agradecimentos Tolazzi AL. A influência do controle de qualidade em telerradiografias em norma lateral e na obtenção de pontos cefalométricos [ Tese de Doutorado ]. São Paulo: Faculdade de Odontologia da USP; 2005. RESUMO Os objetivos deste estudo foram: 1-avaliar a influência dos fatores energéticos e da posição de cabeça, no sentido vertical e horizontal, na qualidade das radiografias cefalométricas e na interpretação dos resultados para diagnóstico e plano de tratamento; 2 -verificar as implicações oriundas da d eterminação de pontos cefalométricos equivocados pela falha no controle de qualidade nas radiografias cefalométricas. Telerradiografias em norma lateral , padronizadas em condições reprodutíveis, foram realizadas em um crânio seco e em um fantoma. Realizou-se simulações de falhas técnicas relacionadas a quilovoltagem, miliamperagem, tempo de exposição e posição do filtro de alumínio, e a modificações horizontais e verticais de 3º, 6º, e 9º do fantoma em relação ao plano sagital mediano e ao plano de Frankfurt, respectivamente. Vinte e seis radiografias cefalométricas foram selecionadas e encaminhadas para seis examinadores (3 ortodontistas e 3 radiologistas), para executarem manualmente a análise cefalométrica de McNamara. ANOVA comparou as medidas de onze variáveis nas 26 análises cefalométricas. Quando ocorreu diferença, aplicou-se o teste de comparações múltiplas de Games-Howell (variâncias heterogêneas) e o de Tukey HSD (variâncias homogêneas), ao nível de probabilidade 5%. Não houve diferenças estatisticamente significantes entre os seis examinadores e entre as onze variáveis estudadas (p > 0,05). Observou-se pouca influência dos fatores energéticos na qualidade das imagens e reprodutibilidade dos pontos cefalométricos estudados. As variações horizontais da posição da cabeça em relação ao plano sagital mediano apresentaram discrepâncias significativas na qualidade da imagem radiográfica para cefalometria. Pontos cefalométricos inadequados comprometeram o diagnóstico, mesmo com examinadores experientes. A interpretação das cefalometrias precisa estar associada com aspectos clínicos, fotografias, modelos gnatostáticos e outras radiografias, para estabelecer o diagnóstico e plano de tratamento. Palavras-chave: Radiografia cefalométrica -Cefalometria -Identificação de pontos cefalométricos Tolazzi AL. The influence of quality control on lateral cephalographs and on cephalometric landmarks [ Tese de Doutorado ]. São Paulo: Faculdade de Odontologia da USP; 2005. ABSTRACT The aims of this study were to evaluate the influence of energetic factors and head position on the quality of cephalometric radiographs and on their interpretation, and to analyze the consequences of incorrect landmark identification due to errors in quality control in cephalometric radiographs. Standardized lateral cephalographs of a dry skull and a phantom were taken. There were made simulations of technical errors related to kilovoltage, milliampereage, exposition time and position of Al filter, and to horizontal and vertical changes of 3°, 6° and 9° of the phantom in relation to sagital plane and Frankfurt plane, respectively. Twenty-six cephalometric radiographs were selected and 6 examiners (3 orthodontists and 3 radiologists) performed the manual cephalometric analyses of McNamara. ANOVA compared the measurements of 11 variables in the 26 cephalometric analyses. Significant statistically differences were not found among the 6 examiners and among the 11 variables (p > 0.05). Energetic factors had low influence in the quality of the images and on the reproducibility of the cephalometric landmarks. Horizontal variations of head position in relation to sagital plane influenced the quality of cephalometric radiographs. Incorrect cephalometric landmarks compromised the diagnosis, even with experienced examiners. Cephalometry should be complimented by clinical examination, photographs, gnathostatics models and others radiographs to establish diagnosis and treatment.
doi:10.11606/t.23.2005.tde-11112005-124011 fatcat:tr367gg7ivgkrchtkja52a5mka