Intervenção fisioterapêutica na incontinência fecal no idoso

Lucas Lima Ferreira, Laís Helena Carvalho Marino, Simone Cavenaghi
2012 Arquivos Brasileiros de Ciências da Saúde  
O objetivo deste estudo foi agrupar e atualizar conhecimentos referentes à intervenção fisioterapêutica na incontinência fecal no idoso. A pesquisa da literatura foi realizada nas bases de dados eletrônicas: MEDLINE, LILACS, Cochrane, PubMed e SciELO, no período de janeiro de 2006 a julho de 2011. As palavras-chave usadas em várias combinações foram: fecal incontinence, aged, physical therapy, physiotherapy, exercises, rehabilitation e electrotherapy. A intervenção fisioterapêutica incluiu a
more » ... êutica incluiu a avaliação da incontinência fecal constituída pelos sinais e sintomas, exame físico e exames complementares, que incluíram a manometria anorretal, a retossigmoidoscopia, a defecografia, a eletromiografia anorretal, a ultrassonografia endoanal e a latência motora terminal do nervo pudendo; os exercícios para fortalecimento da musculatura do assoalho pélvico, o biofeedback, o treinamento com balão retal e a eletroestimulação constituem a base do tratamento. Essa atualização demonstrou a escassez de estudos abordando tal temática, encontrando apenas cinco estudos publicados nos últimos anos com pacientes idosos incontinentes, os quais enfatizaram em sua maioria os procedimentos já consagrados na literatura refutando as evidências já conhecidas. Porém, uma modalidade consideravelmente nova de tratamento, a neuroestimulação sacral, tem sido investigada com resultados aparentemente positivos, suscitando a necessidade de novos estudos com desenhos metodológicos específicos sobre este problema.
doi:10.7322/abcs.v37i3.32 fatcat:px4vvukvjjfqlm73dppfckjtpa