Atividade sexual, satisfação e qualidade de vida em pessoas idosas

Carolina Freitas do Carno Rodrigues, Yeda Aparecida de Oliveira Duarte, Fabiane Aparecida Canaan Rezende, Tábatta Renata Pereira de Brito, Daniella Pires Nunes
2019 Revista Eletrônica de Enfermagem  
Objetivou-se analisar a relac?a?o entre satisfac?a?o sexual e varia?veis demogra?ficas, sociais, cli?nicas e qualidade de vida em idosos. Estudo transversal de base populacional parte do Estudo Sau?de, Bem-Estar e Envelhecimento, realizado no munici?pio de Sa?o Paulo em 2010, com uma amostra de 1.129 idosos. Avaliou-se a satisfac?a?o sexual pelo relato da atividade sexual e sua satisfac?a?o e a qualidade de vida pelo SF-12. Quanto a? satisfac?a?o sexual, 45,1% afirmaram estar inativos
more » ... inativos satisfeitos, 6,2% ativos insatisfeitos, 37,0% ativos satisfeitos e 11,7% inativos insatisfeitos. O componente fi?sico da qualidade de vida foi associado a? satisfac?a?o sexual e as maiores me?dias deste componente foram encontradas entre os idosos ativos satisfeitos. Concluiu-se que a pra?tica sexual e? de extrema importa?ncia para a qualidade de vida do idoso, reforc?ando a necessidade de implantar ac?o?es de educac?a?o e protec?a?o em relac?a?o a? vulnerabilidade da sexualidade dos idosos.
doi:10.5216/ree.v21.57337 fatcat:a5av3f4lf5b2raonvrnkpws3va