Produtividade da soja e bioindicadores do solo em função da inoculação de Bradyrhizobium e Azospirillumem sucessão de cultivos

Renato Albuquerque da Luz, Ricardo Fachinelli, Hadassa Kathyuci Antunes Abreu, Priscila Akemi Makino, Gessí Ceccon
2019 Colloquium Agrariae  
Resumo Com o aumento da demanda mundial por soja, se faz necessário utilizar técnicas alternativas para aumentar a produção da cultura de forma sustentável. A fixação biológica de nitrogênio -FBN realizada por meio de bactérias diazotróficas é considerado uma fonte eficaz e econômica para fornecimento de N para a soja. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade da soja e bioindicadores do solo em função da inoculação de Bradyrhizobium japonicum isolado e a coinoculação
more » ... m Azospirillum brasilense em sucessão de culturas de outono-inverno. O estudo foi conduzido na área experimental da Embrapa Agropecuária Oeste, em Dourados, MS, na safra 2016/2017. O delineamento experimental foi em blocos casualizados em parcelas subdivididas com três repetições. Nas parcelas foram alocados os quatros cultivos de outono-inverno (milho solteiro, milho consorciado com Brachiaria ruziziensis, feijão-caupi solteiro e B. ruziziensis solteira), e nas subparcelas a inoculação via sementes: sem inoculação (testemunha); inoculação com Bradyrhizobium japonicum e coinoculação de B. japonicum + Azospirillum brasilense. A inoculação não foi significativa para nenhuma das variáveis mensuradas assim como a interação da inoculação x culturas de outono-inverno. Os cultivos de outono-inverno influenciaram na produtividade dos grãos, na qual, a soja cultivada em sucessão ao milho consorciado e feijão-caupi obtiveram destaque em suas médias. O carbono da biomassa, quociente metabólico e microbiano do solo foram influenciados pelos cultivos, sendo o maior valor de biomassa microbiana encontrado em sucessão ao milho consorciado, em relação ao feijão-caupi, B. ruziziensis e milho solteiro. A atividade da enzima fosfatase ácida não foi influenciada por nenhum fator estudado. O uso de culturas de outono-inverno contribui para o desempenho da soja em sucessão, e contribuem para aumento da biomassa microbiana do solo. Palavras-chave: coinoculação; microbiologia do solo; rotação de culturas; Glycine max L. Soybean productivity and soil bioindicators in the function of Bradyrhizobium and Azospirillum inoculation in succession of crops Abstract As world demand for soybeans increases, it is necessary to use alternative techniques to increase the production of the crop in a sustainable way. Biological nitrogen fixation -BNF performed by diazotrophic bacteria is considered an efficient and economical source for N supply to the soybean. This study aimed to evaluate soybean productivity and soil bioindicators as a function of the inoculation of Bradyrhizobium japonicum isolated and the co-inoculation with Azospirillum brasilense in succession of autumn-winter crops. The experiment was carried out in the experimental area of Embrapa Western Agriculture, in Dourados, MS, in the 2016/2017 harvest season. The experimental design was in randomized blocks in subdivided plots with three replicates. In the plots were allocated the four autumn-winter crops (single corn, corn intercropped with Brachiaria ruziziensis, single cowpea and single B. ruziziensis), and in the subplots inoculation via seeds: without inoculation (control); inoculation with B. japonicum and coinoculation of B. japonicum + A. brasilense. No significant effect of inoculation methods was observed on the studied variables as well as an interaction of inoculation vs. autumn-winter crops. The autumn-winter crops influence the grain yield, which the soybeans cultivated in succession to intercropping maize and cowpea achieved better averages. The microbial biomass carbon, metabolic and microbial quotients were
doi:10.5747/ca.2019.v15.n5.a323 fatcat:tkrwhtgw6janppseygadozraqu