Ação da água oxigenada sôbre a matéria orgânica do solo

F. da Costa Verdade
1954 Bragantia  
Diversos tipos de análise de solo exigem a destruição prévia da matéria orgânica, sendo a água oxigenada o oxidante mais usualmente empregado. Nêste trabalho a ação da água oxigenada sôbre o carbono e o nitrogênio do solo foi estudada com pormenores, para esclarecer alguns pontos relativos à oxidação. A água oxigenada não destroi totalmente a matéria orgânica, qualquer que seja a concentração empregada. Em virtude da solubilidade de alguns produtos de oxidação do carbono e da remoção de
more » ... remoção de resíduos vegetais não decompostos, a lavagem do solo com água destilada, após os tratamentos com aquele oxidante, produz maiores perdas de carbono que nos tratamentos sem lavagem. O nitrogênio só é eliminado em porcentagens altas quando o solo é lavado ; caso contrário, a sua porcentagem aumenta ou permanece no mesmo nível que a do solo original. A relação C/N acompanha as variações do carbono e nitrogênio segundo o tipo de tratamento feito. A concentração da água oxigenada pouca influência exerce na remoção do carbono e nitrogênio do solo ; essa remoção depende da quantidade de água oxigenada adicionada. A adição do volume total de água oxigenada necessária para produzir o máximo de oxidação é menos trabalhosa que a adição sucessiva de frações dêsse total, porém os resultados só são iguais quando os solos são pobres em carbono e nitrogênio. Para solos ricos nesses elementos, o parcelamento do volume total de oxidante é mais eficiente.
doi:10.1590/s0006-87051954000100024 fatcat:egmlqo7uvngsjdtpzpcuarsfgy