Um novo conceito de monitoramento e comunicação ambiental: a rede européia para a avaliação da qualidade do ar usando plantas bioindicadoras (EuroBionet)

ANDREAS KLUMPP, WOLFGANG ANSEL, GABRIELE KLUMPP, ANETTE FOMIN
2001 Revista Brasileira de Botânica  
Revta brasil. Bot., São Paulo, V.24, n.4 (suplemento), p.511-518, dez. 2001 511 Introdução Um novo conceito de monitoramento e comunicação ambiental: a rede européia para a avaliação da qualidade do ar usando plantas bioindicadoras (EuroBionet) ABSTRACT -(A new concept of environmental monitoring and communication: European network for the assessment of air quality by the use of bioindicator plants (EuroBionet)). In spite of all progress made in reducing the emission of air pollutants, the air
more » ... ollutants, the air quality is still unsatisfactory in many European cities. Bioindicator plants are of increasing importance for air quality control as their use makes it possible to prove and to demonstrate the negative impact of air pollutants on living organisms in a way that is easily comprehensible also to laymen. The pan-European project EuroBionet uses bioindicator plants to assess air pollution effects within a network of cities. Through a specific communication concept the scientific results of the project are translated and communicated in a way that addresses the public and raises environmental awareness. Thus the aim is to induce a change of attitude in parts of the urban population and to increase the acceptance of remedial measures. In the present paper the scientific and communicative aims and methods of the EuroBionet project are presented. First results of the exposure of tobacco plants in ten European cities during August and September 2000 show a gradient of increasing ozone impact from the North to the South and Centre of Europe with low injury degree in Scotland and Denmark and high degree in Italy, France, Austria and Southern Germany. RESUMO -(Um novo conceito de monitoramento e comunicação ambiental: a rede européia para a avaliação da qualidade do ar usando plantas bioindicadoras (EuroBionet)). Apesar de todo o progresso alcançado na redução da emissão de poluentes atmosféricos durante as últimas décadas, a poluição do ar ainda representa um dos principais problemas ambientais nos centros urbanos da Europa. Plantas bioindicadoras têm um papel cada vez maior no controle da qualidade do ar, já que seu uso comprova e demonstra os efeitos negativos da poluição em seres vivos de uma maneira facilmente inteligível, inclusive para leigos. Em uma rede de municípios, o projeto pan-europeu EuroBionet utiliza plantas bioindicadoras para a avaliação de possíveis efeitos da poluição aérea. Através de um conceito de comunicação específico, os resultados científicos do projeto são traduzidos e divulgados de uma forma que chama a atenção do público em geral e que sensibiliza a população urbana. Desta forma, pretendese induzir a uma mudança no comportamento e aumentar a aceitação de medidas corretivas. No presente trabalho, os objetivos científicos e de comunicação do projeto EuroBionet são apresentados. Os primeiros resultados da exposição de plantas de tabaco em dez cidades européias, durante os meses de agosto e setembro de 2000, demonstram um gradiente de impacto de ozônio do norte para o sul e centro da Europa, com efeitos leves na Escócia e Dinamarca e fortes nas plantas expostas na Itália, França, Áustria e sul da Alemanha.
doi:10.1590/s0100-84042001000500005 fatcat:t5plwckuxjdlhcoifibiko32he