Práticas de leitura literária, no ambiente escolar, em face da cultura da convergência [thesis]

Uilma Matos dos Santos Melo
A Deus, por me dar a oportunidade de viver e por estar comigo em cada passo que dou, por fortalecer meu coração e iluminar minha mente e por ter colocado em meu caminho àquelas pessoas que tem sido meu suporte e companhia durante todo o período de estudo. A meus pais que com amor, paciência e esforço me permitiram chegar a realizar mais esse sonho, obrigada por me inculcar o exemplo de esforço e valentia, de não temer as adversidades, porque Deus está sempre comigo. À toda minha família, pelas
more » ... nha família, pelas suas orações, conselhos e palavras de alento que fizeram de mim uma pessoa melhor e de uma forma ou de outra me acompanharam em todos meus sonhos e metas. Finalmente, quero dedicar esta dissertação aos meus alunos, que me inspiram, a cada dia, no meu fazer docente. AGRADECIMENTOS À CAPES, pela concessão da bolsa de mestrado, que proporcionou o suporte financeiro determinante para minha maior dedicação à essa pesquisa. Ao meu querido orientador, Prof. Dr. Emerson da Cruz Inácio, por seus conselhos, orientação e por me dar à oportunidade de analisar esse tema, meu mais sincero agradecimento. À banca de qualificação, composta pelo, Prof. Dr. Emerson da Cruz Inácio, pelo Prof. Dr. José Nicolau Gregorin Filho e pela Prof.ª. Drª. Maria Zilda da Cunha, cuja contribuição foi primordial para o direcionamento da pesquisa. Aos professores participantes da banca examinadora, que dividiram comigo este momento tão relevante e almejado. Àquelas grandes pessoas que fazem possível o conhecimento na sala de aula, os excelentes professores do Mestrado Profissional em Letras da USP (PROFLETRAS). Aos meus amigos do PROFLETRAS (André, Ângela, Daniel, Elaine, Elisa, Gabriela, Helen, Fernando P., Fernando S. e Jussara) por apoiar-me, por estender a mão em momentos difíceis, pelo bom humor e especialmente companheirismo brindado a cada dia. Também gostaria de agradecer à equipe gestora e pedagógica da Escola Estadual em que trabalho, por permitir-me aplicar as atividades propostas e dar-me o suporte necessário para realização dessa pesquisa. Ler e escrever são construções sociais. Cada época e cada circunstância histórica dão novos sentidos a esses verbos. Emilia Ferreiro ALICE, ONDE ESTÁS? Curiosa criança, remota Alice, empresta-me teu sonho: Eu desprezaria os contadores de história de hoje, Seguiria contigo o riso e o fulgor: Estou fatigado, esta noite, de santos e pecadores. Somos amigos desde que Lewis e o velho Tenniel Encerraram tua imortalidade e vermelho e dourado. Vem! Tua ingenuidade é uma fonte perene. Deixa-me ser jovem de novo antes de ser velho. És um espelho de juventude: esta noite escolho Perder-me profundamente em teus labirintos mágicos, Em que a Rainha Vermelha vocifera em esplêndidas nuances E o Coelho Branco segue apressado seu caminho. Vamos mais uma vez nos aventurar, de mãos dadas: Faze-me de novo acreditar no País das Maravilhas! Vincent Starret RESUMO MELO, Uilma Matos dos Santos. Práticas de leitura literária, no ambiente escolar, em face da cultura da convergência. 125 f. Dissertação (Mestrado) -Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Esta dissertação tem como objetivo investigar como características que são inerentes à cultura da convergência podem fomentar a leitura literária. Destarte, tencionamos observar como o uso da tecnologia pode complementar e enriquecer a leitura, através de práticas que possibilitem a junção das mídias tradicionais e as mídias atuais, para assim ressignificar os hábitos de leitura dos alunos. Propomos atividades de leitura participativa e intersemiótica com o uso de dispositivos tecnológicos, que favoreçam o gosto pela leitura e o desenvolvimento de competência de compreensão e de produção de textos narrativos. Utilizamos em momentos diferentes da pesquisa, dois questionários para obtermos dados qualitativos em relação às propostas realizadas. Concluímos que as mudanças nas práticas de leitura em sala de aula são vitais, uma vez que as conversões culturais não podem ser dissociadas das transformações educacionais. PALAVRAS-CHAVE: leitura literária; narrativa transmídia; fanfiction; cultura da convergência; Alice no país das maravilhas e Alice através do espelho (livros). ABSTRACT MELO, Uilma Matos dos Santos. Literary reading practices, within the school environment, in the face of convergence culture. 125 f. Master's Dissertation Faculty of Philosophy, Languages and Literature, and Human Sciences of the University of São Paulo, São Paulo, 2016. The aim of this thesis is to investigate how characteristics which are inherent to the convergence culture can promote literary reading. Thus, we intend to observe how the use of technology can complement and enrich the reading through practices that enable the joining of traditional and current media, reframing the reading habits among students. We propose participatory and intersemiotic reading activities using technological devices in order to encourage the taste for reading and the development of the competence skills of reading comprehension and narrative text production. In different moments of the research, we used two questionnaires to obtain qualitative data on the proposals made. In summary, we conclude that changes in reading practices in the classroom are vital, since cultural conversions cannot be dissociated from the educational transformation.
doi:10.11606/d.8.2017.tde-08032017-154845 fatcat:hjizd5x32nfezn5pais63vcbre