Produção do espaço e valorização do solo urbano: um estudo acerca da valorização do solo no Ibituruna, zona Oeste da cidade de Montes Claros/MG

Valeria Aparecida Moreira Costa, Iara Soares de França
2019 Revista Cerrados  
O espaço urbano é produzido através da ação de diferentes agentes que atuam por interesses diversos e o transforma pela produção social e capital. O processo de expansão da malha urbana se caracteriza pela ideia da mutabilidade do espaço, pelos diferentes usos do solo que permitem o surgimento das diferentes faces da valorização do solo urbano. Na cidade média de Montes Claros/MG este processo tem avançado desde o final do século XX, ocasionando a crescente valorização do solo urbano. Partindo
more » ... o urbano. Partindo desta premissa, este artigo analisa a dinâmica de produção do espaço em Montes Claros - MG, com ênfase na valorização do solo urbano a partir do processo de produção social e econômica no Ibituruna, loteamento situado na zona oeste da cidade. A metodologia do trabalho consistiu em: análise bibliográfica, pesquisa exploratória e registros iconográficos, levantamento de dados econômicos do solo urbano junto a Prefeitura Municipal de Montes Claros, que são os valores para cálculo do Imposto Predial do Território Urbano - IPTU, denominados valor venal (2000 a 2017), assim como a mapoteca digital. Os resultados foram organizados em planilhas e sistematizados para elaboração de mapas no programa ArcGis, além de representação via imagem de satélite Word View (2014), sobreposta pelo shapefile logradouros do Perímetro Urbano de Montes Claros. Diante do exposto, observou-se que o Ibituruna permanece em constante processo de valorização, o que denota a heterogeneidade intra bairro, configurando diferentes dinâmicas, paisagens, produtos e valores do solo urbano num mesmo loteamento.
doi:10.22238/rc2448269220191701164191 fatcat:wx627rpwx5clbgdn3clc4lax5u