De Maria Flor etc. à Farpa: uma questão de adaptação

Franciely Pereira, Rafaela Simias, Aragão Ii
unpublished
Resumo: O presente artigo, que surgiu de uma disciplina eletiva "Literatura Brasileira e cinema, tem como objetivo analisar o filme "Farpa", dirigido por Henrique Oliveira, averiguando os procedimentos de adaptação utilizados pelo diretor na construção do texto fílmico em correlação com a obra Maria Flor e etc. de Arriete Vilela, a fim de percebermos como ambas as artes podem manter uma relação de reciprocidade e compreender que a obra literária não é superior à adaptação, pois cada arte, cada
more » ... is cada arte, cada artista tem sua criatividade e seu modo de perceber o mundo. Palavras-Chave: Literatura. Cinema. Relações interartísticas. Abstract: This article, which appeared in an elective "Brazilian Literature and cinema, aims to analyze the film" Farpa ", directed by Henrique Oliveira, checking procedures for adaptation used by the director in the construction of the filmic text in correlation with the "Maria Flor etc. by Arriete Vilela, in order to realize how the arts can both maintain a reciprocal relationship and understand that the literary work is not superior to adaptation, since every art, every artist has their creativity and their way of perceiving the world. Keywords: Literature. Cinema. interartísticas relations. A literatura de Arriete Vilela Para compreender o terreno em que estamos adentrando, vale conhecer um pouco da escritora dos contos que formam, junto com a adaptação, o corpus do nosso trabalho. Nascida em 10 de março de 1949, na cidade alagoana de Marechal Deodoro, Arriete Vilela é mestre em Literatura Brasileira, pela UFPB, e professora aposentada da Universidade Federal de Alagoas, instituição na qual coordenou o Núcleo de Estudos de Literatura Popular, o Nelp, e o projeto de pesquisa, A Mulher na Literatura Popular Alagoana. A poetiza e contista já recebeu numerosos prêmios, tendo sido distinguida
fatcat:jfesdmqonfbahbwjper3s2mtiy