Repensando o ensino de música universitário brasileiro: breve análise de uma trajetória de ganhos e perdas

Ana Carolina Nunes do Couto
2014 Opus  
ste artigo apresenta uma análise da trajetória que estruturou a prática musical no âmbito dos cursos superiores brasileiros e suas implicações para as atuais demandas da profissão do músico. Aborda o assunto a partir da perspectiva da sociologia das ausências (SANTOS, 2008), que propõe tornar presentes as diferentes formas de conhecimentos e de experiências sociais que foram subtraídas e desperdiçadas do mundo. O desenvolvimento do texto se dá a partir de quatro eixos: contextualização da
more » ... tualização da problemática discutida; a relação da prática musical com o colonialismo; os aspectos da tradição e da modernidade (GIDDENS, 2001) observados na prática musical universitária; e o fenômeno da globalização incidindo sobre as identidades culturais. Por fim, são apresentadas algumas propostas de reestruturação, elaboradas principalmente a partir do embasamento na sociologia das emergências (SANTOS, 2008).
doaj:ad04f5a245b3413da856e3ec0e790dc3 fatcat:5dksnk2vpne77hnkthfrm6tfva