A regionalização do turismo no litoral do Paraná (Brasil): análise da rede de interação entre os stakeholders

Jose Elmar Feger, Cinthia Maria de Sena Abrahão, Jose Manoel Gonçalves Gândara, Carlos Rogelio Virgen Aguilar
2019 Revista Acadêmica Observatório de Inovação do Turismo  
A temática abordada no artigo tem como input as relações entre atores envolvidos no processo de implantação da política de regionalização do turismo no Paraná. O objetivo principal foi analisar a relevância dos atores sociais na configuração do turismo da Região Turística Litoral do Estado do Paraná, tomando como referência o nível de relacionamento ocorrido entre eles. A investigação se pauta no referencial teórico metodológico da análise de redes sociais (ARS). Mediante o objeto de estudo, a
more » ... bjeto de estudo, a investigação se caracterizou como de campo, com conotação exploratória, descritiva e quantitativa, sendo, do ponto de vista da abrangência temporal, classificada como cross-sectional. O tratamento e a análise dos dados ocorreram com uso dos softwares UCINET e NETDRAW. Foram analisados: densidade das relações, níveis de centralidade e grau de relações existentes na área de abrangência da região turística, objeto desse estudo. Na análise de resultados, fica destacado o reduzido grau de consistência da rede, o índice de 2,4% indica a baixa densidade de relacionamento entre os atores entrevistados. No que diz respeito aos atores identificados como intermediários das relações entre os demais protagonistas regionais, destacam-se a Prefeitura Municipal de Guaratuba (0,634), Prefeitura Municipal de Pontal do Paraná (0,317), Associação Comercial de Guaratuba (ACIG) (0,211), Associação de Desenvolvimento do Turismo (ADETUR) (0,106) e Associação Comercial de Antonina (ACIA) (0,053). Conclui-se que, apesar de não possuírem um grau de centralidade significativo, as municipalidades revelam-se importantes elos entre os atores regionais. Além disso, observa-se pouca representatividade da instância de governança, que fica em quarto lugar no ranking dos atores identificados como pontes entre os demais envolvidos com o turismo regional.
doi:10.17648/raoit.v13n3.5374 fatcat:3lqbdb6b6fgrjidl26hzhvq7xi