OS DONOS DA LUZ: SISTEMAS DE GESTÃO E REDES TÉCNICAS NO TERRITÓRIO BRASILEIRO. O CASO DA AMFORP (1927-1939)

Angela Ferreira, Alexandro Ferreira, Cardoso Da Silva, Yuri Simonini
unpublished
Resumo A inserção da American & Foreign Power Company (AMFORP), na América Latina, encontra-se associada ao processo de modernização técnica e inovações urbanas em diversas cidades onde, entre 1927 e 1939, foram oferecidos serviços de eletrificação, iluminação pública, transportes, fornecimentos de água, gás e telefone-dando impulso à industrialização nacional. Compreender a participação dessa empresa na introdução, gerenciamento e expansão de redes técnicas de produção e consumo de energia
more » ... sumo de energia elétrica no Brasil e sua consequente articulação territorial é o objetivo do trabalho. Para tanto, analisou-se os relatórios acionários identificando as relações com a Brazilian Traction, as áreas de atuação e as formas de gestão e de incremento tecnológico no nascente setor elétrico. Constatou-se que, ao se implantar o sistema de produção e distribuição de energia elétrica em diversas cidades e capitais, a AMFORP controlava esses serviços concessionários de parcela do território brasileiro, dispersando inovações técnicas e configurando conexões entre suas regiões. Palavras-chave: Setor energético, American & Foreign Power Company, Redes técnicas urbanas, Serviços de eletrificação, Brasil. Abstract The American & Foreign Power Company (AMFORP) insertion in Latin America was associated with the process of modernization and technical innovations in many cities, between 1927 and 1939. It was provided electrification services, public lighting, transport, water supply, gas and telephone-giving boost to national industrialization. Understanding the company´s participation in the introduction, management and expansion of technical networks of electrical production and consumption in Brazil and its resulting territorial articulation is the objective of this study. To this end, we analyzed the company's stock reports to identify relations with the Brazilian Traction, the areas and forms of management and technological growth in the emerging energy sector. It appears that, by introducing the electric production and distribution system several towns and capitals, the AMFORP controlled those public services on a portion of the Brazilian territory, dispersing technical innovations and configuring connections between its regions.
fatcat:4jkmxhtugfb7ppwqntv6xofruy