DESENVOLVIMENTO E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UMA ANÁLISE DO EMPREENDEDORISMO NAS CIDADES INTERIORANAS DE BRASIL E PORTUGAL

Karin Vieira da Silva, Cristina Martins, Anderson Sasaki Vasques Pacheco
2020 REUNA  
Resumo O empreendedorismo vem sendo apresentado como uma alternativa potencial para o fomento do crescimento econômico e do desenvolvimento. Nesse âmbito, acredita-se que as instituições de ensino superior podem contribuir substancialmente ao criarem condições favoráveis para o estímulo do empreendedorismo entre os seus alunos. Assim, o objetivo deste artigo é analisar os índices de empreendedorismo entre os alunos diplomados em administração/gestão da Universidade Aberta do Brasil e de
more » ... Brasil e de Portugal, em regiões específicas no interior de ambos os países. Para tanto, foram realizadas entrevistas e aplicados questionários em diplomados entre os anos de 2010 e 2014, residentes em seis cidades brasileiras e quatro portuguesas. Os dados qualitativos foram tratados por meio da análise de conteúdo e os quantitativos mediante análise descritiva e testes de associação. Os resultados sugerem que, embora a relação entre universidade e desenvolvimento de empreendedores, e igualdade de gênero careça de maior robustez, sobretudo no Brasil, a educação a distância apresenta contributos para o desenvolvimento de tais regiões, uma vez que os consideráveis índices de empreendedorismo entre os alunos podem contribuir para dinamizar os arranjos sociais e econômicos locais. Palavras-chave: Empreendedorismo; Educação a distância; Desenvolvimento; Igualdade de gênero. Abstract Entrepreneurship has been presented as a potential alternative to promote economic growth and development. In this context, we believe that higher education institutions can substantially contribute to economic development, by generating favorable conditions to stimulate entrepreneurship among their students. Thus, the objective of this article is to analyze the entrepreneurship rates between the graduates in management of the Brazil and Portuguese Open Universities, in countryside regions. Therefore, interviews were conducted, and questionnaires were applied with graduates between the years 2010 and 2014, in six Brazilian municipalities and four Portuguese cities. Qualitative data were treated through content analysis and quantitative data using descriptive analysis and association tests. The results shows that although the relationship between university and entrepreneurship development, and gender equality are fragile, mainly in Brazil, distance education can contribute to the development of such regions, since graduates entrepreneurship can contribute to invigorate local social and economic arrangements.
doi:10.21714/2179-8834/2020v25n2p33-52 fatcat:7kfu6byccvb5bccs2lzaq4uzxq