SENTIDO E VERDADE: HEIDEGGER E "A NOITE ABSOLUTA"

Róbson Ramos Dos Reis
2000 Veritas  
Neste artigo o autor aplica a interpretaçãosocial-institucional da constituição ontológicana análise da teoria heideggeriana acerca darelatividade da verdade em relação ao ser doDasein. A presente reconstrução é desenvolvidapor meio da apresentação do assim chamadocarátér de verdade do ser, bem como da interpretaçãoontológico existencial da gênese da ontologiada presentidade (Vorhandenheit) a partir dadisponibilidade (Zuhandenheit). No asserir localiza-se a prática recognitiva capaz de
more » ... a capaz de instituir acategoria da pura subsistência, na qual reside acondição existencial da possibilidade da verdade.Essa dependência existencial da verdade permiteo reconhecimento da condição da total falta dedescobrimento ôntico: a ausência completa doDasein, que Heidegger chamou de 'noite absoluta'.
doi:10.15448/1984-6746.2000.2.35060 fatcat:oqwvyo3dc5bk7pgbjoorthjegy