PIRETRÓIDES-UMA VISÃO GERAL

Alim, Nutr, Araraquara
unpublished
RESUMO: Nos últimos 70 anos, os inseticidas vêm sendo amplamente utilizados na agricultura para o controle e combate de pragas, garantindo o suprimento de alimentos para uma população em constante crescimento. Os inseticidas piretróides surgiram no início dos anos 80 como uma alternativa àqueles de maior potencial tóxico, já que apresentam baixa toxicidade aguda em mamíferos, não se acumulam nos tecidos adiposos e não são persistentes no ambiente. Os piretróides são utilizados como
more » ... s como domissanitários e em programas de saúde pública no combate de insetos vetores de doenças. Devido à segurança atribuída aos piretróides, sua utilização na agricultura foi bastante difundida e a presença residual desses inseticidas nos alimentos pode ser um risco à população devido aos efeitos adversos que podem causar em longo prazo. Assim, a determinação de resíduos de piretróides em alimentos e no ambiente tem sido exigida por consumidores, produtores e autoridades de vigilância sanitária e tornou-se uma prática essencial no controle da qualidade dos alimentos. Para tanto, técnicas analíticas modernas têm sido utilizadas na identifi cação e quantifi cação desses compostos em várias matrizes. Considerando que os piretróides pertencem à classe de inseticida mais utilizada no mundo, o presente artigo visa apresentar os principais aspectos e vantagens de seu uso no controle geral de insetos, os riscos à saúde que envolve a exposição dessas substâncias por indivíduos não alvos e técnicas cromatográfi cas utilizadas na determinação de resíduos de piretróides em diferentes matrizes. PALAVRAS-CHAVE: Inseticidas piretróides; vantagens de uso; efeitos adversos; resíduos; cromatografi a. INTRODUÇÃO O uso de inseticidas é considerado importante e indispensável para o aumento da produtividade das áreas destinadas à agricultura, já que os insetos são grandes responsáveis pelas perdas verifi cadas durante a produção de alimentos. Os inseticidas são também utilizados na pecuária, em domicílios e em programas de saúde pública. Evitar perdas na agricultura e garantir alimentos em quantidade e qualidade adequados para uma população em plena expansão tem sido o grande desafi o de especialistas de todo o mundo. Fato que contribuiu para a classifi cação do Brasil como o 3 o maior consumidor de praguicidas no mundo e o primeiro no âmbito da América Latina. 13 O uso de praguicidas no Brasil alcançou, no ano de 2005, o patamar de produção e comercialização de, aproximadamente, 400 mil toneladas. 51 Muitos praguicidas tiveram seu uso proibido devido a sua alta toxicidade e/ou persistência no ambiente. Os organoclorados, grupo pioneiro dos praguicidas sintéticos, tiveram seu uso agrícola proibido no Brasil desde 1985, sendo somente autorizados em campanhas de saúde pública (Portaria n o . 329 de 02/09/85 do Ministério da Agricultura). Como conseqüência, as indústrias agroquímicas vêm trabalhando na síntese e formulação de moléculas que sofram degradação, desaparecendo no ambiente em pouco tempo. 42 Assim, os piretróides tiveram seu uso difundido como alternativa aos organoclorados, muito persistentes no ambiente, aos carbamatos e organofosforados que são, em sua maioria, muito tóxicos, especialmente ao sistema nervoso central. Os piretróides são, atualmente, os inseticidas mais utilizados, pois apresentam baixa toxicidade em mamíferos, baixo impacto ambiental, são efetivos contra um largo espectro de insetos e são necessárias baixas quantidades para exercerem sua ação. No entanto, em alguns casos, a utilização de piretróides tem aumentado os riscos à pássaros e/ou mamíferos. 45,50,62 Ainda, ensaios laboratoriais demonstraram que os piretróides são muito tóxicos para peixes, abelhas e artrópodes aquáticos, tais como lagostas e camarões. 27,66 Dessa forma, podem agir em outras espécies expostas acidentalmente durante a aplicação do produto ou ingestão de alimentos contaminados. Vários autores têm estudado a permanência de resíduos de praguicidas em diversas culturas. 14,19,50,52 Assim, com a aplicação de baixos teores de inseticidas nos alimentos é esperado que se encontrem baixos teores de resíduos; no entanto, a velocidade de degradação dessas substâncias depende da intensidade da radiação solar. 36 Considerase que a exposição aos piretróides pela população ocorra principalmente através de seus resíduos nos alimentos. 29 Diante desse fato, o controle dos resíduos de piretróides nos alimentos é de extrema importância para a observância
fatcat:u34y3vsq7bgwvblq67iq5wabdy