Fatores associados ao hábito de assistir TV em excesso entre adolescentes

Paula Dal Bó Campagnolo, Márcia Regina Vitolo, Cíntia Mendes Gama
2008 Revista Brasileira de Medicina do Esporte  
OBJETIVO: Avaliar a freqüência com que os adolescentes assistem televisão na região Sul do Brasil e quais fatores estão associados a esse comportamento. MÉTODOS: Estudo transversal, com 722 adolescentes entre 10 e 19 anos. Foi calculado a média de horas diárias que os adolescentes assistiam televisão. Foi realizada análise de regressão logística para analisar possível associação entre fatores sociodemográfico, antropométricos, atividade física, sexo e idade, com o hábito de assistir mais do que
more » ... ssistir mais do que 4 horas diárias de televisão. RESULTADOS: Entre os adolescentes estudados, 41,1% assistiam mais do 4 horas de TV por dia. A prevalência de adolescentes que assistiam > 4h de TV foi maior entre aqueles com menos de 16 anos. Ser filho de mãe com escolaridade maior do que 8 anos (OR 1,9; IC 1,25-2,89) e possuir circunferência da cintura maior do que o percentil 80 (OR 2,77; IC 1,33-5,77) foi positivamente associado ao hábito de assistir televisão mais do que 4 horas diárias. CONCLUSÕES: Maior escolaridade materna e circunferência da cintura maior do que o percentil 80 estão associados ao comportamento de assistir TV em excesso entre os adolescentes. Esses achados devem ser utilizados para direcionar a elaboração de programas de saúde pública, especialmente por meio das escolas, enfocando adolescentes com faixa etária entre 10 e 15 anos, assim como devem servir de alerta para os profissionais de saúde e educadores.
doi:10.1590/s1517-86922008000300007 fatcat:p7zd4qz67rh5xdliy2w66y2zdu