Anais do I Colóquio Internacional IV Colóquio Nacional sobre o Trabalho do/a Assistente Social A MATERIALIZAÇÃO DO PROJETO ÉTICO-POLÍTICO DO SERVIÇO SOCIAL-QUESTÕES PARA O DEBATE

Ana Carolina, Nascimento Rodrigues, Juliana Aparecida, Cobuci Pereira, Luciana Gonçalves Pereira De Paula, Nicole Cristina, Oliveira Silva
unpublished
1. INTRODUÇÃO O Serviço Social se constitui enquanto uma profissão interventiva, de caráter sócio-político, com incidência sobre as diversas manifestações da questão social que se expressam na vida dos sujeitos com os quais trabalha. O trabalho profissional desenvolvido pelo assistente social é a condição essencial para o seu reconhecimento e para que ocupe um lugar na divisão social e técnica do trabalho. O processo interventivo desenvolvido pelo assistente social possui um efeito que incide,
more » ... efeito que incide, diretamente, nas condições materiais e sociais de seus usuários. A atuação profissional do assistente social interfere nas questões relativas à sobrevivência material e social de segmentos da classe trabalhadora (PAULA, 2016). Ao mesmo tempo, o assistente social, enquanto profissional liberal, formado e requisitado para atuar no campo das políticas sociais, por excelência, insere-se no mercado de trabalho sob a condição do assalariamento, integrando um determinado segmento da classe trabalhadora. Portanto, o assistente social atua junto às necessidades e demandas da classe trabalhadora, ao mesmo tempo em que, por meio de sua condição assalariada, também integra essa classe. Configura-se aí a dupla natureza do Serviço Social: ele é ao mesmo tempo trabalho (assalariado) e profissão (liberal). Essa dupla condição perpassa o
fatcat:jslpgrruojbt5ew5herxhcqeym