A (in)existência de neutralidade: um estudo de caso baseado em corpus com roteiros de audiodescrições francesas de filmes via Teoria da Avaliatividade
Portuguese

Pedro Henrique Praxedes Filho, Cristiene Silva
2014 Letras & Letras  
Este artigo relata um estudo descritivo que dedicou-se à Audiodescrição (AD), modalidade da Tradução Audiovisual Acessível (TAV-Ac) responsável pela acessibilidade sociocultural de deficientes visuais (DVs), e tratou do registro 'roteiro de AD de longas', buscando investigar, via Linguística de Corpus (LC), a presençaausência de neutralidade segundo a Teoria da Avaliatividade (TA)-Linguística Sistêmico-Funcional (LSF). O corpus foi dividido em dois subcorpora, cada um contendo um roteiro de AD
more » ... scrito pela mesma audiodescritora francesa: Intouchables (C1)-Minuit à Paris (C2). Foram elaboradas sete etiquetas para cada subcorpus via termos/escolhas dos sistemas da rede de avaliatividade da TA até o segundo nível de delicadeza, as etiquetas foram inseridas e os subcorpora compilados foram submetidos às ferramentas WordList e Concord do Word Smith Tools. Os resultados demonstraram a inexistência de neutralidade por serem os roteiros avaliativos/interpretativos por 'atitude' e seus três tipos, por 'engajamento' e seus dois tipos e por 'gradação' e seus dois tipos, tendo evidenciado uma tendência de padrão avaliativo caracterizado pela predominância de 'gradação'-'força' e 'atitude'-'apreciação'. A LC foi imprescindível para o êxito do estudo por ter viabilizado a inserção de 14 etiquetas derivadas de 10 termos/escolhas avaliativos em 10.387 palavras (C1+C2) e uma análise com 2.422 etiquetagens. A partir desses
doi:10.14393/ll60-v30n2a2014-17 fatcat:f6gkfbxevnh3ziqk3lfukemgce