Ensino religioso e religiões de matrizes africanas: conflitos e desafios na educação pública no Amapá Religious education and African religions: conflicts and challenges in public education in Amapá

Elivaldo Custódio
2014 Identidade! é licenciada sob uma Licença Creative Commons. Identidade! | São Leopoldo | v. 19 n. 1 | p   unpublished
Doutora em Educação com pós-doutorado em Educação. Professora do curso de Pedagogia e do Mestrado em Direito Ambiental e Políticas Públicas. Resumo: O presente artigo tem como objetivo discutir alguns aspectos relativos à inclusão das Religiões de Matriz Africana (RMA) na disciplina Ensino Religioso (ER) na educação pública do Amapá. Faz-se uma análise da compreensão e dimensão da inserção no ER das RMA, bem como suas relações dentro do espaço escolar. Trata-se do resultado preliminar de um
more » ... reliminar de um estudo exploratório de natureza qualitativa que vem adotando a pesquisa bibliográfica a análise documental e a entrevista como forma de investigação no âmbito da Dissertação de Mestrado. A discussão inicia-se com alguns indícios da influência da cultura negra na formação social do Brasil e no Amapá. Em seguida, tratam-se das considerações sobre racismo, preconceito, discriminação e intolerância religiosa contra as RMA. E por fim, faz-se uma breve incursão pelos desafios e conflitos que envolvem a questão da inclusão das RMA no ER na educação pública no Amapá. Palavras-chave: Ensino Religioso. Religiões de Matrizes Africanas. Educação Pública. Amapá. Abstract: This article aims to discuss some aspects of the inclusion of religions of African origin (RMA) in the subject Religious Education (RE) of Amapá in public education. It does an analysis of the dimension of understanding and integration of RMA in the ER as well as their relationships within the school environment. These are the preliminary results of an exploratory qualitative study that has adopted literature and document analysis and interviews as a form of research for the Master's Thesis. The discussion begins with some evidence of the influence of black culture in the social formation of Brazil and Amapá. Then it deals with considerations about racism, prejudice, discrimination and religious intolerance against RMA. Finally, we make a brief foray into the challenges and conflicts that are involved in the issue of inclusion of the RMA in the ER in public education in Amapá.
fatcat:p5xv3qda65he5me3iyhs4lyzya