Rompendo com a binaridade masculino/feminino nas canções buarquianas: um estudo de "Folhetim" e "Tango de Nancy"

Roberto Gabriel, Guilherme De Lima
unpublished
Resumo Este artigo aborda a questão do gênero como veículo de identidade no discurso contemporâneo, tentando (des)construir o discurso hegemônico masculino, rompendo com a binaridade masculino/feminino e consagrando as premissas da teoria queer, que pressupõe discursos pós-modernos no que tange à ideia da identificação do gênero. Nesse contexto, apresentam-se os discursos presentes nas canções femininas de Chico Buarque, que se contrapõem às canções de compositores anteriores a ele, buscando-se
more » ... a ele, buscando-se compreender a ruptura da dicotomia masculino/feminino. Por meio da política da pós-modernidade, a noção de Estudos do Gênero, nos corpos sexuados, ganha mais visibilidade, vislumbrada pela teoria queer, que dá margens aos estudos da fronteira da identidade, mais precisamente entre os gêneros masculino/feminino. Palavras-chave: Identidade. Gênero. Canção. Discurso. Pós-modernidade. Abstract This article approaches the question of gender as a vehicle of identity in contemporary discourse. It attempts to (de)construct the hegemonic masculine discourse, breaking with the binarism masculine/feminine and uses premises of the queer theory, which proposes post-modern literary discourses in relation to the notion of gender identity. In this context, we focus the discourses present in Chico Buarque's songs taken as feminine representations -they contrast with songs of former songwriters -trying to understand the break of the dichotomy masculine/feminine. It's through of identy's politc of postmodern that the notion of the Gender' studies, in the sexual bodies, get very visibility, descrying by queer theory that give margin at the studies of frontier of identity more needy between the gender masculine/feminine.
fatcat:onkfgitsnfglrgv53zklqqlwuu