Ainda o machismo: um estudo discursivo sobre a mulher em campanhas publicitárias [thesis]

Fabiane Lemes
AINDA O MACHISMO: UM ESTUDO DISCURSIVO SOBRE A MULHER EM CAMPANHAS PUBLICITÁRIAS À minha mãe, Nilza, por ser um exemplo de mulher forte e guerreira em quem eu me espelho, e às minhas amadas irmãs Fernanda, Marina e Marília, pérolas de Deus em minha vida. Ao meu amado e querido esposo, Fábio Ribeiro de Assis, exemplo de homem honrado, por todo amor, apoio e compreensão diária que me ajudam a crescer e seguir em frente. À minha querida orientadora, Simone Tiemi Hashiguti, profissional exemplar,
more » ... ssional exemplar, por me acolher como uma mãe, tendo toda paciência e compreensão possíveis, além do que eu pudesse merecer ou imaginar: a cada dia me apaixono mais. Você significa muito em minha vida. AGRADECIMENTOS Primeiramente, agradeço a Deus por ter me conduzido até aqui, me capacitando e colocando pessoas tão especiais em minha vida ao longo dessa caminhada. Agradeço à minha família, meu alicerce, incluindo meu esposo, que sempre me deu todo apoio e incentivo, principalmente nos momentos que eu mesma não acreditei em mim. Amor, sem o seu apoio eu não teria chegado até aqui. À minha orientadora, Simone Tiemi Hashiguti, que é parte essencial em minha formação profissional não apenas no que concerne à parte teórica, mas pela humanidade presente em todos os momentos tão angustiantes pra mim. Muito obrigada, querida professora! Ao meu grupo de pesquisa "O Corpo e a Imagem no Discurso", pelas produtivas discussões acompanhadas sempre de muito companheirismo. Daqui levarei pessoas para a vida! Às minhas queridas amigas por quem tenho profunda gratidão, carinho, respeito, admiração e afeto Simone, Gi, Taís, Priscila e Érica, vocês são demais! Aprendi muito com todas vocês. Obrigada por tudo! Aos professores do programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos da UFU, especialmente aos queridos Simone Tiemi Hashiguti, Maria de Fátima Fonseca Guilherme e João Bôsco Cabral. Suas contribuições em meu crescimento teórico e pessoal são inestimáveis.
doi:10.14393/ufu.di.2017.440 fatcat:b4rixwnknbgbdgovdksrakfc6a