Memórias e identidades em processos migratórios

Rubens Silva
2011 Em Tempo de Histórias  
Neste artigo tenho como objetivo interpretar experiências de um grupo familiar que revela suas identidades ao relatar suas memórias em temporalidades e espacialidades diferentes, num processo migratório entre Bonfinópolis de Minas (MG) e Brasília (DF). Em narrativas orais e outras fontes por mim selecionadas neste estudo, considero práticasculturais, seja na região rural, seja na cidade grande, para evidenciar que pessoas integrantes desta família criam estratégias de convivência em ambientes
more » ... ncia em ambientes diferentes, com outros variados grupos sociais, ao enfrentarem desafios, antes impensáveis em suas vidas na região de onde migraram. Essas estratégias podem, assim, revelar traços de auto-estima e de identidade nessa capacidade de superação, os quais parecem estimular esses integrantes a (re)lembrarem experiências anteriores, naquela região rural, para onde às vezes voltam e de onde retornam ao tentarem reviver, com certa nostalgia, momentos históricos de uma migração que busco interpretar como movimento pendular.
doi:10.26512/emtempos.v0i12.20051 fatcat:pgvwpsizgfgxtijqlj6tdfbvfi