Capital internacional e industrialização brasileira na Teoria da Dependência: um balanço do debate entre Fernando Henrique Cardoso e Ruy Mauro Marini (1964-1979)

Nikolas Carneiro, Universidade Estadual de Campinas, Fabio de Campos, Universidade Estadual de Campinas
2019 Resumos do Congresso de Iniciação Científica Unicamp   unpublished
Resumo Com base nas interpretações de R. M. Marini e F. H. Cardoso, sob vertente marxista e weberiana respectivamente, a pesquisa investiga o debate entre ambos autores acerca dos determinantes do capital internacional para indústria brasileira entre 1964 e 1979. Neste período, o processo de desnacionalização industrial e a crescente participação das multinacionais aprofunda os nexos de dependência da economia brasileira. Nesse contexto, os autores confrontam leituras divergentes acerca dos
more » ... ntes acerca dos desdobramentos exequíveis. Enquanto para Cardoso essa nova quadra histórica abriria possibilidades de internalizar um processo de desenvolvimento associado ao capital internacional, Marini defende que a industrialização nos termos capitalistas já não se apresenta como meio possível para um desenvolvimento em economias dependentes. Desse modo, examina-se as controvérsias e aproximações do debate entre os autores acerca do processo de internacionalização do setor industrial e suas consequências estruturais para a economia brasileira. Palavras-chave: Ruy Mauro Marini, Fernando Henrique Cardoso, Capital internacional.
doi:10.20396/revpibic2720192058 fatcat:av6seo5bmnbenaarqlno2kkexu