Avaliação de danos e efeito de variáveis ambientais na mancha de alternaria (Alternaria helianthi) em Girassol [thesis]

Regina Maria Villas Bôas de Campos Leite
DEDICO AGRADECIMENTOS À minha orientadora, Profa. Dra. Lilian Amorim, exemplo de competência e dedicação ao ensino e à pesquisa em Fitopatologia, pelos ensinamentos fundamentais para a minha formação, acolhimento e amizade. pelo apoio que possibilitou a realização deste curso de Pós-Graduação. Ao Prof. Dr. Armando Bergamin Filho, pela sugestão do assunto e colaboração na realização deste trabalho. Aos professores, funcionários e estagiários do Departamento, pelos ensinamentos e auxílio em
more » ... e auxílio em vários momentos. Ao meu conselheiro acadêmico Dr. Álvaro Manuel Rodrigues Almeida, pesquisador da Embrapa Soja, pelo encaminhamento e incentivo que culminou na realização desta pesquisa. v A todos os colegas da Pós-Graduação, em especial a Alice Maria Quezado Duval, Celia Correia Malvas, José Magno Martins Bringel e Louise Larissa May de Mio, pelo agradável convívio, companheirismo e amizade. Aos colegas pesquisadores e funcionários da Equipe de Girassol da Embrapa Soja, pelo apoio e auxílio na realização deste trabalho de pesquisa, especialmente aos técnicos agrícolas Esmael da Silva e Roberval Aparecido Fagundes e ao auxiliar de operações Valdenir Saldeira, que não mediram esforços em instalar e avaliar semanalmente meus experimentos de campo, sem os quais este trabalho não poderia ser realizado. À secretária da Embrapa Soja Iraci Yoshico Imazu, pela dedicação e presteza em me ajudar a solucionar problemas. Às bibliotecárias da ESALQ -USP, pela revisão da bibliografia, revisão da tese e elaboração da ficha catalográfica. Aos funcionários e estagiários da Biblioteca da Embrapa Soja, pela colaboração na pesquisa bibliográfica. Ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico -CNPq, pela concessão da bolsa de estudos. A todas as pessoas aqui não mencionadas que, de alguma forma, contribuíram para que este Doutorado se tornasse uma realidade.
doi:10.11606/t.11.2002.tde-03122002-103144 fatcat:776tzuvbczahdazsqs4vp42puu