Effect of cassava wastewater on physicochemical characteristics and fatty acids composition of meat from feedlot-finished lambs

Jose Adelson Santana Neto, Evandro Neves Muniz, Gladston Rafael Arruda Santos, Francisco de Assis Fonseca Macedo, Jose Henrique De Albuquerque Rangel, Ludmila Couto Gomes
2017 Acta Scientiarum: Animal Sciences  
This study aimed to evaluate the effects of includingcassava wastewater (0.0, 0.5, 1.0, or 1.5 L animal -1 day -1 ) in diets of feedlot-finished lambs on the physicochemical characteristics and fatty acid composition of their meat. Thirty-two uncastrated lambs atan average age of 167 days and an average body weight of 24.76 ± 3.00 kg were distributed into four groups in a completely randomized design with eight animals per group for each treatment. Color values were measured on the longissimus
more » ... on the longissimus dorsi muscle using a portable colorimeter. To determine the cooking losses, samples of meat were cut and weighed. Individual pieces were cooked in an electric oven to a defined internal temperature (72°C). The composition of fatty acids were measured by gas chromatography.Inclusion of cassava wastewater linearly reduced cooking losses, shear force, and yellow intensity and linearly increased the fat content of the meat. The amounts of myristic, stearic, linoleic, and total fatty acids were changed. Additionally, an effect of cassava wastewater was observed on the amounts of saturated fatty acids, polyunsaturated fatty acids, desirable fatty acids, and n-6:n-3ratio. A positive quadratic effect was observed for the following nutritional quality indices: Δ9 desaturase 16, elongase, at herogenicity, and thrombogenicity. Cassava wastewater changesthe physicochemical characteristics and fatty acid composition of lamb meat. Furtherstudies should be carried outto more accurately determine the fatty acid composition of cassava wastewater to better understand its effectson animal nutrition. Efeito da manipueira sobre as características físico-químicas e composição de ácidos graxos da carne de cordeiros terminados em confinamento RESUMO. Este estudo teve como objetivo avaliar a inclusão de manipueira (0,0; 0,5; 1,0 ou 1,5 L animal -1 dia -1 ) na dieta de cordeiros terminados em confinamento sobre as características físico-químicas e composição de ácidos graxos da carne. Foram utilizados 32 cordeiros não castrados, com idade média de 167 dias e peso médio de 24,76 kg, distribuídos em um delineamento experimental inteiramente casualizado, divididos em quatro grupos com oito animais por grupo para cada tratamento. Os valores de cor foram medidos no músculo longissimus dorsi usando um colorímetro portátil. Para determinar as perdas de cozimento, amostras de carne foram cortadas e pesadas. Os pedaços individuais foram cozidos em um forno elétrico até uma temperatura interna definida (72°C). A composição de ésteres metílicos de ácidos graxos foi medida por cromatografia gasosa. A inclusão de manipueira diminui as perdas por cocção, força de cisalhamento e intensidade de amarelo linearmente, enquanto o teor de gordura da carne aumenta linearmente. A quantidade dos ácidos graxos mirístico, esteárico, linoleico e os ácidos graxos totais foram alteradas. Também foram observados os efeitos da manipueira nas quantidades de ácidos graxos saturados, ácidos gordos poli-insaturados, ácidos graxos desejáveis e proporção de n-6: n-3. Observou-se efeito quadrático positivo para os índices de qualidade nutricional: Δ9 dessaturase 16, elongase, aterogenicidade e trombogenicidade. Em conclusão, a manipueira alterou as características físico-químicas e composição de ácidos graxos da carne de cordeiro. No entanto, outros estudos devem ser realizados para determinar a composição da manipueira de ácidos graxos para elucidar o uso que na alimentação animal.
doi:10.4025/actascianimsci.v39i4.35180 fatcat:flitf7rna5eknprrq6q5lwtdwa