Delimitação geográfica da área da IG erva-mate do Planalto Norte Catarinense

Denilson Dortzbach, Ludmila Nascimento Machado, Arcângelo Loss, Valci Francisco Vieira, Wilian da Silva Ricce, Kleber Trabaquini, Marcos Gervasio Pereira, Otávio Augusto Queiroz dos Santos, Antonino José Jacques Gambôa Fernandez de Oliveira Netto
2020 Research, Society and Development  
Os registros de produtos com indicação geográfica (IG) são produzidos em regiões onde é possível identificar certos diferenciais, que estão relacionados com o local e forma de produção, solos, clima e colheita. Um tipo de IG é a Denominação de Origem (DO), que se refere ao nome geográfico da região que possui qualidades e características exclusivas, incluindo os fatores naturais e humanos, que, materializadas no produto ali elaborado, o diferenciam dos demais. Sendo assim, este trabalho
more » ... te trabalho objetivou delimitar a área geográfica da DO erva-mate do Planalto Norte Catarinense (PNC), uma vez que sua contribuição para a região é de grande importância econômica, social e ambiental. Foi realizada a delimitação geográfica da área, que teve como base o cruzamento do Mapa Político, Mapa de Hidrografia, o modelo digital de terreno, a evolução histórica dos limites municipais e a localização dos produtores de erva-mate. A estruturação da IG do PNC para produtos da erva-mate busca não apenas a formalização e a conquista de um certificado de registro de uma IG, mas também a participação efetiva dos atores na cadeia produtiva, na tomada de decisão, na viabilização de políticas públicas territoriais e na construção de acordos coletivos. A delimitação geográfica permitiu definir a área de produção que permite a obtenção de um produto de qualidade específica. A área da delimitação geográfica da IG erva-mate do PNC corresponde a 12.024,81km2, representando 12,6% do território catarinense. A IG vem ganhando notória importância no mercado agroindustrial pois apresenta a competência de diferenciar um produto ou serviço de seus semelhantes, a partir de características naturais (clima, solo, vegetação) e humanas (modo de fazer), tornando, assim, um produto único.
doi:10.33448/rsd-v9i10.8769 fatcat:vu4yl3kyynae7gzswaeahjlghq