Um estudo enunciativo de Rachel de Queiroz à luz do hipergênero histórias em quadrinhos

I. V. SOUSA
2017 Uniletras  
doi:10.5212/uniletras.v.39i2.00010 fatcat:whvqnzmaivd6jjynxid2i7rdxe