Distúrbios do sono

Magda Lahorgue Nunes
2002 Jornal de Pediatria  
Resumo Objetivo: o objetivo deste artigo é realizar uma atualização sobre o tema distúrbios do sono na infância. Fontes dos dados: foram revisados aspectos normais da ontogênese do sono e o manejo dos distúrbios do sono mais prevalentes na infância. O texto foi baseado em artigos e livros clássicos da literatura e em pesquisa na Medline (publicações dos anos 2000 e 2001), utilizando os termos distúrbios do sono e infância. Síntese dos dados: o artigo foi estruturado em tópicos, apresentados de
more » ... s, apresentados de forma descritiva, contendo a definição do distúrbio do sono, idade de risco, características clínicas e manejo terapêutico. Conclusões: os distúrbios do sono são queixas bastante freqüentes no consultório pediátrico, e o seu diagnóstico preciso é fundamental para o estabelecimento da terapêutica adequada. Na maioria dos casos, uma boa anamnese é suficiente para o diagnóstico e para assegurar aos pais a benignidade do problema, e o melhor tratamento. J Pediatr (Rio J) 2002; 78 (Supl.1): S63-S72:distúrbios do sono, infância, síndrome da morte súbita do lactente, apnéias. Abstract Objective: the aim of this article is to review and update the knowledge about sleep disorders in childhood. Sources: normal sleep ontogenesis and therapeutics for the most prevalent sleep disorders were reviewed. The text was based on classical articles and books and on Medline (publications form 2000 and 2001) using the key words sleep disorders and childhood. the article was structured on descriptive topics containing definition of the sleep disorder, age, clinical presentation and therapeutics. Summary of the findings: sleep disorders are frequent concerns referred in pediatrics outpatient clinics, and a correct diagnosis is the main goal to establish therapeutic procedures. Conclusions: In the majority of cases clinical history is sufficient to establish diagnosis and assuring parents of the benign evolution of the symptoms the better treatment. J Pediatr (Rio J) 2002; 78 (Supl.1): S63-S72: sleep disorders, childhood, sudden infant death syndrome, apnea. Introdução Os distúrbios do sono são queixas bastante freqüentes no consultório pediátrico. Entretanto, na maioria dos casos, uma boa anamnese é suficiente para o diagnóstico e para assegurar aos pais a benignidade do problema e o melhor tratamento 1-3 . A maioria dos distúrbios do sono pode ocorrer tanto em adultos como em crianças, o que difere é sua forma de apresentação. Considera-se que, possivelmente, somente as cólicas e a síndrome da morte súbita do lactente (SMSL) são distúrbios do sono exclusivos da infância 2 , os demais podem ocorrer em qualquer idade, apesar de alguns predominarem na infância. Os objetivos deste artigo são os de ilustrar aspectos normais da ontogênese do sono, já que, em alguns casos, o conhecimento dos padrões normais de sono orientam a terapêutica dos distúrbios do sono, e revisar o manejo terapêutico dos distúrbios do sono mais prevalentes na infância. Padrão normal de sono do período neonatal à adolescência Os ritmos circadianos já estão estabelecidos desde o período perinatal. O recém-nascido (RN) apresenta seu padrão de sono dentro de ritmo ultradiano (<24horas), e, só após o período neonatal, o sono passa a apresentar ritmo circadiano (equivalente a 24 horas).
doi:10.1590/s0021-75572002000700010 fatcat:r5hjsix44rgvleotglets4g4mu