O olhar da população idosa sobre o acesso a uma unidade básica de saúde em Porto Alegre - RS

William Nogueira Oliveira
2012 Revista da Faculdade de Odontologia, Porto Alegre  
Com o crescente envelhecimento da população brasileira, fica evidente a necessidade de maior preparo e planejamento dos serviços de saúde para atender os idosos. Objetivos: Analisar como se dá o acesso da população idosa ao serviço de saúde em uma Unidade Básica de Saúde de Porto Alegre, pois nunca se obteve dados fundamentados para avaliar a assistência aos idosos nessa unidade de saúde. Materiais e métodos: Este estudo foi elaborado de uma forma descritiva e transversal, através de
more » ... ravés de entrevistas semi-estruturadas contendo quinze questões abertas e fechadas baseadas no PCA-Tool como instrumento, com uma amostra de 61 pacientes idosos. Resultados: A Unidade de Saúde SESC foi lembrada pela grande maioria da população idosa como serviço de referência para primeiras necessidades em saúde. As maiores dificuldades de acesso se deram em relação às características geográficas do território onde a Unidade está inserida. É necessária uma reflexão sobre que medidas devem ser tomadas para solucionar este problema. O acesso dos idosos às modalidades de consulta médica, odontológica e de enfermagem foi considerado facilitado. Porém, a percepção desses usuários quanto às estratégias de priorização no atendimento não se apresentou tão evidente. Conclusão: A partir da opinião dessa população, apesar de algumas dificuldades assinaladas, o acesso ao serviço de saúde foi considerado facilitado para os idosos nessa Unidade de Saúde. Palavras chave: saúde do idoso; atenção primária a saúde; acesso aos serviços de saúde
doi:10.22456/2177-0018.24347 fatcat:okkrs6o2nfceppxvreyamljs2q