TECNOLOGIA E INDUSTRIALIZAÇÂO NA CONSTRUÇÃO: AS CHAVES PARA LIDAR COM O DECLÍNIO DO NÍVEL DE PRODUTIVIDADE E BAIXA QUALIDADE DOS ATIVOS NA INDÚSTRIA

Alexandre Victor Silva Pinheiro, Pedro Emílio Amador Salomão
2020 Revista Multidisciplinar do Nordeste Mineiro  
Resumo A industrialização da construção (ic) promove o avanço dos processos de construção empregando mecanização e automação. Existem várias vantagens decorrentes da industrialização da construção, como aumento da produtividade do trabalho, substituição de processos intensivos de trabalho por máquinas, acompanhamento rápido da taxa de construção, redução de custos e melhoraria da qualidade geral. A industrialização é uma tendência significativa do avanço científico e técnico na construção e
more » ... na construção e evidencía como a tecnologia está mudando a maneira como estruturas são projetadas e executadas. Este trabalho objetiva, por meio de pesquisas bibliográficas e webgráficas, expor as vantagens, limitações, bem como o potencial da injeção de tecnologia e industrialização dos processos convencionais na área da construção civil. Palavras-chave: tecnologia; inovação; industrilização; construção. Abstract Construction industrialization (ci) promotes the advancement of construction processes using mechanization and automation. There are several advantages resulting from the industrialization of construction, such as increased labor productivity, replacement of labor intensive processes by machines, rapid monitoring of the construction rate, cost reduction and improvement of the overall quality. Industrialization is a significant trend in scientific and technical progress in construction and highlights how technology is changing the way structures are designed. This work aims, through bibliographic and webgraphic research, to expose Revista Multidisciplinar do Nordeste Mineiro, v1. 2020/01 ISSN 2178-6925 2 the advantages, limitations, as well as the potential of the injection of technology and industrialization of conventional processes in the area of civil construction.
doi:10.17648/2178-6925-v2-2020-17 fatcat:5zysxmpornfkvc4bh7g556xtxu