A CRIANÇA E O SISTEMA DE ESCRITA Nome Eliane de Cássia Alves

Orientadora Márcia, Barbosa De Oliveira
unpublished
Introdução Toda a criança em seu processo de aprendizagem de escrita deve escrever espontaneamente. Segundo as orientações contidas no Guia para o Planejamento do Professor Alfabetizador (2006:33) "é preciso planejar diversidade de situações que permitam, em diferentes momentos, dirigir espaços ora para a aprendizagem do sistema de escrita alfabética (correspondência entre letras e sons) ou, tão logo estejam alfabetizados, para a dos padrões de escrita (ortografia, concordância, pontuação,
more » ... ia, pontuação, acentuação, etc.), ora para a aprendizagem da linguagem escrita (organização estrutural dos enunciados, emprego das palavras, recursos estilísticos etc.). Objetivo Este trabalho tem como finalidade analisar como se dá o processo de apropriação do sistema de escrita na utilização de textos que os alunos sabem de cor, atividades de listas e de leitura e escrita de cantigas de roda. Metodologia Em relação à escrita, foram observadas atividades que propiciam à criança escrever, mesmo que não saiba escrever convencionalmente. Observei que a professora aplicou atividades com textos que os alunos sabem de cor, atividades de listas e de leitura e escrita de cantigas de roda. Resultados Foi possível perceber que as crianças participam ativamente das atividades envolvidas no processo de aquisição do sistema de escrita, pois formulam e analisam suas hipóteses sobre como escrever. Tais atividades foram um momento rico, no qual foi explorado o potencial de todos. Entende-se que a criança necessita expor suas idéias, compará-las em atividades permanentes que lhes permitam explorar a forma escrita e ampliar sua competência escritora.
fatcat:q2nwkvjwgrdxfg2mtxpawytuae