Adoção homoparental e preconceito: crenças de estudantes de direito e serviço social

Elder C. Santos
2015 Temas em Psicologia  
Resumo Profi ssionais de direito e serviço social são atores fundamentais na implementação de novas práticas de adoção para casais homossexuais, no entanto, parecem carecer em sua formação sobre desenvolvimento e sexualidade humana para o processo de análise de casos. O objetivo desse estudo é investigar as crenças de estudantes de Direito e Serviço Social sobre orientação sexual e adoção homoparental. Participaram deste estudo 132 estudantes, sendo 67 (49,2%) do curso de Serviço Social e 65
more » ... viço Social e 65 (50,8%) do curso de Direito, todos de universidade federal pública, com media de idade de 25 anos (DP=5,51). Foram aplicadas duas escalas padronizadas (crença sobre homossexualidade e crença sobre adoção homoparental), além disso, questionou-se sobre o contato e informação sobre homossexualidade. De maneira geral, os estudantes de serviço social apresentaram maiores percentuais para crenças positivas enquanto que os estudantes de direito apresentaram maiores percentuais para crenças negativas sobre homossexualidade em ambas escalas. A concordância da adoção encontrada em estudantes de direito foi de 61,01 enquanto serviço social obteve 68,87 (t = 12,27; p<0,001). Na escala de preconceito homossexual, os estudantes de direito obtiveram 22,80 e os estudantes de serviço social obtiveram 21,65 (t =2,03; p= 0,045). Há correlação entre as crenças e o contato e amizade com homossexuais. Este estudo observou que futuros profi ssionais, ainda demonstram pouco conhecimento sobre orientação sexual e consequências de adoção por casais homoafetivos. Palavras-chave: Adoção, homoparentalidade, família, preconceito. Abstract Attorneys and social workers are key actors in implementing new practices for gay adoption, however, it seems to exist a lack of training on human development and sexuality during the decision-making process. The aim of this study is to investigate the belief of law and social worker students on sexual orientation and homoparental adoption. The study included 132 students, 67 (49.2%) enrolled in Social Service major and 65 (50.8%) in law, all from a public university, with mean age of 25 years (SD = 5.51). Two scales were used (beliefs about homosexuality and homoparental adoption belief), moreover, it was asked about the contact and information about homosexuality. In general, social work students had
doi:10.9788/tp2015.4-06 fatcat:hlyy6wb3c5azphhrzhwasiue4a