Alterações no teste ultra-rápido da urease e no exame anatomopatológico para Helicobacter pylori induzidas por drogas anti-secretoras

Lincoln Eduardo Villela Vieira de Castro FERREIRA, Gustavo de Souza Portes MEIRELLES, Renata La Rocca VIEIRA, Maurício Augusto BRAGAGNOLO Jr., Júlio Maria Fonseca CHEBLI, Aécio Flávio Meirelles de SOUZA
2001 Arquivos de Gastroenterologia  
Racional - Um dos problemas na avaliação de pacientes dispépticos em instituições públicas é o intervalo de tempo prolongado entre a consulta inicial e a endoscopia digestiva alta, levando à introdução de terapêutica anti-secretora nesse período. Desta forma, os resultados do exame podem não traduzir a condição inicialmente suspeitada. Objetivos - Analisar as alterações no teste ultra-rápido da urease e no exame anatomopatológico para Helicobacter pylori após o uso de drogas anti-secretoras.
more » ... anti-secretoras. Casuística e Método - Foram avaliados, de forma prospectiva e duplo-cega, 50 pacientes com queixas dispépticas e diagnóstico endoscópico de úlcera péptica, gastrite, esofagite ou duodenite erosivas e com teste da urease positivo. Os pacientes foram divididos, de forma randomizada, em dois grupos: 25 usaram ranitidina 300 mg/dia e 25, omeprazol 20 mg/dia, durante 7 dias. Antes e após o tratamento, dois fragmentos de biopsia foram obtidos do antro e corpo gástricos, realizando-se o teste ultra-rápido da urease e o exame anatomopatológico para Helicobacter pylori. Resultados - No grupo que usou ranitidina, não se observaram alterações significativas na positividade do teste ultra-rápido da urease e do exame anatomopatológico no antro e corpo gástricos, após 7 dias de medicação. Nos pacientes que utilizaram omeprazol, após tal período, observou-se redução da positividade do teste ultra-rápido da urease e do exame anatomopatológico no antro gástrico, sendo que o mesmo não ocorreu na região do corpo. Conclusão - O omeprazol, utilizado por um período de 7 dias, é capaz de levar a uma negativação do teste ultra-rápido da urease e do exame anatomopatológico para Helicobacter pylori no antro gástrico, devendo ser desaconselhado para pacientes aguardando realização de endoscopia digestiva,
doi:10.1590/s0004-28032001000100002 pmid:11586996 fatcat:2xtxcj4xezfhve44qbnpgx54wu