A cultura epigráfica no conventvs Bracaravgvstanvs (pars occidentalis): percursos pela sociedade brácara da época romana. Vol. II [book]

Armando Redentor
2017
A navegação consulta e descarregamento dos títulos inseridos nas Bibliotecas Digitais UC Digitalis, UC Pombalina e UC Impactum, pressupõem a aceitação plena e sem reservas dos Termos e Condições de Uso destas Bibliotecas Digitais, disponíveis em https://digitalis.uc.pt/pt-pt/termos. Conforme exposto nos referidos Termos e Condições de Uso, o descarregamento de títulos de acesso restrito requer uma licença válida de autorização devendo o utilizador aceder ao(s) documento(s) a partir de um
more » ... partir de um endereço de IP da instituição detentora da supramencionada licença. Ao utilizador é apenas permitido o descarregamento para uso pessoal, pelo que o emprego do(s) título(s) descarregado(s) para outro fim, designadamente comercial, carece de autorização do respetivo autor ou editor da obra. Na medida em que todas as obras da UC Digitalis se encontram protegidas pelo Código do Direito de Autor e Direitos Conexos e demais legislação aplicável, toda a cópia, parcial ou total, deste documento, nos casos em que é legalmente admitida, deverá conter ou fazer-se acompanhar por este aviso. A cultura epigráfica no conventvs Bracaravgvstanvs (pars occidentalis): percursos pela sociedade brácara da época romana. Vol. II Autor(es): Redentor, Armando Publicado por: Imprensa da Universidade de Coimbra Percursos Pela sociedade brácara da éPoca romana Volume ii Com o dealbar da época romana no Noroeste hispânico, assiste-se à irrupção do hábito epigráfico, novel prática em termos de cultura comunicacional introduzida pela administração imperial e seus agentes e que depressa se entranha no modo de estar das populações locais, mormente por via das suas elites. Tratando-se de forma de comunicação que visou, em grande medida, a comemoração e auto-representação individuais, mas também de colectividades, a materialidade desse exercício, plasmada nos suportes gravados com textos de finalidade diversa, serve-nos hoje como fonte privilegiada para afrontar os desafios que a construção de conhecimento sobre as sociedades da Antiguidade encerra, ainda que aí não se reflicta o todo social. É este o mote da investigação encetada no contexto territorial calaico meridional. Partindo da revisão do dossiê epigráfico do Ocidente brácaro e da clarificação da sua natureza, cronologia e representatividade, percorrem-se alguns dos marcadores da sociedade que vivificou, em época romana, o território, os núcleos de povoamento e as artérias que o uniram. edição
doi:10.14195/978-989-26-1441-0 fatcat:aye7qbjjd5ffje6pzcpwkcc7em