Efeito do herbicida tembotrione sobre o desenvolvimento da batata

Roque Carvalho Dias, Amanda Rocha Barbosa, Valesca Pinheiro Miranda, Christiane Augusta Diniz Melo, Daniel Valadão Silva, Marcelo Rodrigues Reis
2018 Revista de Ciências Agroveterinárias  
RESUMO Os resíduos do herbicida tembotrione no solo, proveniente de cultivos de milho, podem afetar o crescimento de culturas sensíveis, como a batata, em sucessão. Neste sentido, objetivou-se avaliar o efeito do herbicida tembotrione sobre o crescimento e o desenvolvimento da batateira. Realizou-se um experimento de campo em delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições. Os tratamentos foram incorporados ao solo um dia antes do plantio da batata cultivar Atlantic e constituídos de
more » ... c e constituídos de quatro doses de tembotrione: 8,4; 16,8; 33,6 e 50,4 g ha -1 , representando 8,4; 16,8; 33,6 e 50% da dose recomendada para a cultura do milho, e um tratamento controle (sem herbicida e capinada). Aos 60 e 90 dias após o plantio foram avaliadas a massa de matéria fresca de tubérculo (MMFT), o número de hastes (NH), o número de tubérculos (NT) por planta e a massa de matéria seca total (parte aérea + haste) (MMST). A MMFT, NT e MMST decresceram com o aumento das doses do tembotrione, sendo que as maiores reduções encontradas, nas duas épocas avaliadas, foram na dose de 50,4 g ha -1 i.a. O número de hastes não foi influenciado pelas doses do herbicida tembotrione independente da época avaliada. Os resultados obtidos indicaram que a presença de tembotrione no solo reduziu o crescimento e a quantidade de tubérculos produzidos pela batateira. PALAVRAS-CHAVE: Atlantic, Carryover, Solanum tuberosum L. ABSTRACT Tembotrione herbicide residues from maize crops in the soil can affect the growth of sensitive crops in succession, such as potatoes. In this sense, this study sought to evaluate the residual effect of tembotrione on growth and development of potato plants. A field experiment with randomized blocks design with four replications was conducted. The treatments were incorporated to the soil one day before the planting of the Atlantic potato cultivar and consisted of four doses of tembotrione: 8.4; 16.8; 33.6 and 50.4 g ha -1 ; representing 8.4; 16.8; 33.6 and 50.0% of the recommended dose for maize, and a control treatment (without herbicide and weeding). Fresh matter mass of tuber (FMMT), number of stems (NS), number of tubers (NT) per plant and total dry matter mass (aerial parts and stem) (DMM) were evaluated at 60 and 90 days. FMMT, NT and DMM decreased with increasing doses of tembotrione. The largest reductions on both evaluated seasons were found for the 50.4 g ha -1 i.a. dose. The number of stems was not influenced by the tembotrione herbicide doses regardless of evaluated season. The results indicated that the presence of tembotrione in soil reduced growth and the number of tubers produced by potato plants.
doi:10.5965/223811711732018318 fatcat:c5lfoi7pjnbydlw27d2yjiknpq