Efeitos do treinamento resistido na reabilitação de pacientes com fibromialgia

Ana Maria Croccia Macedo, Alessandra Jaqueline Cunha de Oliveira, Meyrian Luana Teles de Sousa Luz, Sandra Amélia Alencar Lima
2018 Revista Eletrônica Acervo Saúde  
RESUMO Objetivo: investigar os efeitos do treinamento de força sobre a reabilitação de mulheres adultas com Fibromialgia. Métodos: trata-se de uma pesquisa bibliográfica, levantando dados teóricos sobre os impactos da Fibromialgia na qualidade de vida das mulheres acometidas pela patologia bem como os efeitos do treinamento de força na sua reabilitação. Resultados: Os resultados apurados no estudo elencam os exercícios aeróbios como a hidroginástica seguida da caminhada como mais eficazes com
more » ... mais eficazes com relação aos seus efeitos benéficos para a qualidade de vida das mulheres fibromialgicas. Conclusão: A Fibromialgia ocupa rankings indesejados em nível mundial entre as desordens reumatológicas. A doença não tem causa definida, portanto é uma síndrome de patogênese desconhecida. Quanto ao aspecto clínico, as características da síndrome são bem definidas e marcantes: presença de dor generalizada e crônica, sem alterações laboratoriais e alta frequência de sintomas associados. A execução de um programa de exercícios físicos regulares e selecionados de forma adequada contribui para a melhora da coordenação motora e das demais habilidades físicas relevantes no decorrer de atividades diárias tanto em pessoas em geral e de modo particular em pacientes fibromiálgicos. Palavras-chave: Exercício Físico, Fibromialgia, Qualidade de Vida. ABSTRACT Objective: to investigate the effects of strength training on the rehabilitation of adult women with Fibromyalgia. Methods: it is a bibliographical research, raising theoretical data about the impact of Fibromyalgia on the quality of life of women affected by the pathology as well as the effects of strength training on their rehabilitation. Results: The results found in the study list aerobic exercises such as hydrogymnastics followed by walking as more effective in relation to their beneficial effects on the quality of life of fibromyalgic women. Conclusion: Fibromyalgia occupies unintended rankings worldwide among rheumatologic disorders. The disease has no definite cause, so it is an unknown pathogenesis syndrome. Regarding the clinical aspect, the characteristics of the syndrome are well defined and marked: presence of generalized and chronic pain, without laboratory alterations and high frequency of associated symptoms. The execution of a program of regular and properly selected physical exercises contributes to the improvement of motor coordination and other relevant physical abilities in the course of daily activities both in people in general and particularly in fibromyalgic patients.
doi:10.25248/reas445_2018 fatcat:zgxv5virwrbtjcqvebxsmauxbe