TRANSPORTE E MOBILIDADE URBANA: O FLUXO DE MOTOCICLETAS EM MOSSORÓ, RN

Annacintya Rodrigues de Souza, Tereza Sandra Loiola Vasconcelos
2016 Revista Geotemas  
A compreensão dos fluxos nos centros urbanos perpassa o conhecimento proporcionado pela Geografia, haja vista que discussões acerca dos conceitos de espaço urbano, mobilidade, acessibilidade, dentre outros podem oferecer uma melhor análise crítica da realidade. É nesse caminhar que a pesquisa objetivou analisar a mobilidade urbana da cidade de Mossoró, no Estado do Rio Grande do Norte, com enfoque nos fluxos dos transportes conduzidos pelos motociclistas, entre os anos de 2010 a 2014. Para
more » ... 0 a 2014. Para alcançar esse propósito, a pesquisa teve como objetivos específicos: compreender o espaço urbano de Mossoró, RN; identificar os bairros onde ocorreram maior incidências de trânsito, envolvendo motociclistas; e analisar a dinâmica socioespacial que contribuiu ao agravamento dos acidentes relacionados às motocicletas. O aporte teórico fundamentou-se, principalmente, em Santos (2006); Limonad (2002); Levy (2000); Nascimento (2010); Rocha (2005); Elias e Pequeno (2010) e Felipe (2010), além de termos nos aportado em documentos oficiais, tais como o Estatuto da Cidade (2001) e a Constituição Federal Brasileira (1988), onde estão estabelecidas as diretrizes gerais para a implementação da política urbana no Brasil, bem como o Plano Diretor que se tornou o instrumento responsável pela regulamentação do planejamento municipal. No decorrer do trabalho pretendemos entrelaçar as leituras ao real, trazendo aos leitores as problemáticas do espaço geográfico dessa porção potiguar envoltas à política de mobilidade, considerando os acidentes com os transportes (motocicletas).
doi:10.33237/geotemas.v6i1.1746 doaj:2c211af8804848c09a729d918fc9c0ec fatcat:7krd6m3oanezzixmwqw25ain7u