AVALIAÇÃO FUNCIONAL DE VARIANTES DO ONCOGENE E7 DO PAPILOMAVIRUS HUMANO 16

R. C. P. LIMA, M. N. CORDEIRO, R. C. O. SILVA, D. L. SANTOS, M. R. B. JÚNIOR, A. P. F. CAMPOS, A.J.D. DA SILVA, A. P. A. D. GURGEL, M. V. A. BATISTA, B. S. CHAGAS, A. C. FREITAS
2017 Anais do 5º Encontro Brasileiro para Inovação Terapêutica   unpublished
RESUMO -O câncer cervical é causado pela infecção persistente pelo papilomavírus humano (HPV) de alto risco. A oncogenicidade do HPV está fortemente associada a fatores genéticos do vírus, como os tipos virais e variantes. Polimorfismos em oncogenes virais têm sido associados a um maior risco de progressão maligna. Polimorfismos podem levar à alteração da função biológica com conseqüências clínicas. Além de prejudicar o controle do ciclo celular mediado por pRB, as atividades de E7 incluem
more » ... rbação da via NF-κB. Com base em três polimorfismos isolados de amostras clínicas positivas para o HPV-16 do Nordeste do Brasil, nosso estudo realizou uma das primeiras análises funcionais baseadas na atividade NF-κB dos polimorfismos de HPV-16. Adicionalmente, foi realizada a análise dos níveis de expressão de RNAm do gene E7 variante, obtido de culturas de células transfectadas. As variantes do gene E7, nas quais os três polimorfismos estão presentes, podem exercer forte efeito supressor nos pacientes infectados, podendo ter implicações na persistência da infecção e na progressão. No entanto, as alterações resultantes dos polimorfismos podem não estar necessariamente relacionadas com os níveis de expressão diferencial das variantes. Estes resultados adicionam dados importantes para os estudos sobre a variabilidade de E7, o que poderia contribuir para uma melhor compreensão da diversidade e infecção do HPV. Palavras-chave: HPV-16; Câncer cervical; Polimorfismos; NF-kB. ABSTRACT -Cervical cancer is caused by persistent high-risk human papillomavirus (HPV) infection. In addition to environmental factors, the oncogenicity of HPV is strongly associated with genetic factors of the virus itself such as viral types and variants involved in infection. In particular, polymorphisms in viral oncogenes have been associated with an increased risk of malignant progression. Polymorphisms may lead to altered biological function with clinical consequences. In addition to impairing pRB-mediated cell cycle control, E7 activities include perturbation of the NF-κB pathway affecting an important critical anti-viral cellular pathway. Based on three polymorphisms isolated from clinical samples positive for HPV-16 from Northeast Brazil, our study performed one of the first functional analyzes based on the NF-κB activity of HPV-16 E7 polymorphisms. Additionally, the analysis of mRNA expression levels of the variant E7 gene obtained from cultures of transfected cells was performed. HPV-16 E7 gene variants in which all three polymorphisms are present may exert a strong suppressive effect in
doi:10.17648/ebit-2017-85682 fatcat:heupnx3aszf4dg5vnwlac3keee