A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E A CIDADE: UM ESPAÇO EM CONSTRUÇÃO?

Gilfredo Carrasco, Maulin
2009 unpublished
(UFSC), e teve o objetivo analisar as representações das professoras da rede municipal de ensino de Curitiba sobre a relação entre educação ambiental e a cidade. Trata-se de mostrar a ligação existente entre o espaço urbano, seus problemas e a forma como a educação ambiental pode contribuir com a melhoria da cidade. Busca-se analisar como as professoras representam a cidade, sendo Curitiba uma metrópole vinculada a uma imagem de "cidade ecológica". Como metodologia adotou-se o uso de
more » ... o uso de questionários. Foram aplicados 123 questionários, num total de 60 escolas encontradas em diferentes regiões da cidade. Foi observado que as professoras têm uma representação preservacionista/conservacionista sobre o papel da educação ambiental na sociedade, não mudando uma tendência apontada por outros estudos no início dos anos 90. Mas por outro lado, se observou que a existência dessa representação não se reflete na forma como Curitiba é simbolizada, ou seja, as professoras apresentaram uma perspectiva crítica ou acrítica da cidade sem que isso estivesse diretamente ligado com a representação de educação ambiental. Neste caso, encontramos representações sociais que não se complementam como instrumentos na agregação de uma ação política/pedagógica na problematização e no enfrentamento dos problemas socioambientais, desvinculando a educação ambiental de qualquer possibilidade emancipatória. Palavras-chave: Educação Ambiental; Espaço Urbano; Representação Social; Problemas Socioambientais; Ensino Escolar.
fatcat:aud3io6wtnejldudqj26x4kziy