Avaliação da síndrome de burnout em profissionais da Estratégia Saúde da Família da capital paraibana

Francisco José Batista de Albuquerque, Cynthia de Freitas Melo, João Lins de Araújo Neto
2012 Psicologia: Reflexão e Crítica  
Resumo O presente trabalho avaliou se os profissionais que atuam na Estratégia Saúde da Família em João Pessoa, Paraíba, apresentam síndrome de burnout. Foi utilizada uma amostra probabilística de 337 servidores, aplicando-se a Escala de Caracterização do Burnout, que investiga os seguintes fatores: (a) Exaustão emocional (α = 0,94); (b) Desumanização (α = 0,70); e (c) Decepção (α = 0,70). No tratamento dos dados, foram realizadas estatísticas descritivas, análises fatoriais, análises de
more » ... s e testes de comparação de amostra. Os resultados apresentaram que 37,09% dos profissionais pontuaram índices altos e médios (burnout desenvolvida), e que a 70,45% dos profissionais que possuem outro trabalho não possuem a síndrome, concluindo-se a necessidade do cuidado à saúde mental desses que atuam na porta principal do Sistema Único de Saúde. Palavras-chave: Síndrome de burnout, Estratégia Saúde da Família, profissionais de Saúde. Abstract This study evaluated whether the professionals who work at the Family Health Strategy Service in João Pessoa, Paraíba have burnout syndrome. It was used a random sample of 337 servers using the Burnout Characterization Scale which investigates the following factors: (a) Emotional exhaustion (α = .94); (b) Dehumanization (α = .70); and (c) Deception (α = .70). In data processing, descriptive statistics, factor analysis, clusters analysis and sample comparison tests were performed. The results showed that 37.09% of the professionals scored high and medium rates (developed burnout), and 70.45% of the professionals who have other jobs do not have the syndrome. It is concluded the need for mental health care to those who work in the front of the Brazilian Single Health System.
doi:10.1590/s0102-79722012000300014 fatcat:cgeye4q455fznelafb2uy6acke