Algoritmo de redução de ruído em aparelhos de amplificação sonora individual: influência no reconhecimento de sentenças no ruído

Sabrina Nuñes Gonçalves, Adriana Laybauer Silveira, Adriane Ribeiro Teixeira
2020 Research, Society and Development  
Objetivo: verificar a influência do algoritmo de redução de ruído no reconhecimento de fala no ruído em adultos e idosos, usuários de AASI. Método: Estudo transversal realizado com indivíduos de 18 anos ou mais, com perda auditiva neurossensorial, encaminhados para protetização. Para a avaliação utilizou-se o teste Lista de Sentenças em Português, em cabine acusticamente tratada, em duas condições: com o algoritmo de redução de ruído ligado e desligado. Resultados: A amostra é composta por 38
more » ... é composta por 38 indivíduos. Observou-se uma melhora da relação sinal-ruído na condição do redutor de ruído ligado comparado ao desligado (p = 0,043). Quanto ao Índice Percentual de Reconhecimento de Sentenças no Ruído, não foram observadas diferenças estatisticamente significativas. Foram definidas duas variáveis: ΔS/R e ΔIPRSR. O ΔS/R é a diferença entre a relação sinal ruído com o redutor de ruído desligado e ligado, já o ΔIPRSR é a diferença entre o Índice Percentual de Reconhecimento de Sentenças no Ruído com redutor de ruído ligado e desligado. Observou-se que um aumento no ΔS/R está relacionado a uma piora do ΔIPRSR. Conclusão: A relação Sinal-Ruído apresentou melhora com a utilização do algoritmo, no entanto, o mesmo não foi verificado para o Índice Percentual de Reconhecimento de Sentenças no Ruído. Além disso, foi observada uma relação inversa entre ΔS/R e ΔIPRSR, indicando que maiores relações Sinal-Ruído podem comprometer o reconhecimento de sentenças no ruído.
doi:10.33448/rsd-v9i10.8352 doaj:bfdb7956d8c542fd80d2bffbe83b6c6e fatcat:gxdcf2evznd47dmjw5np7fskk4