A Filosofia Da Ciência Em Livros Didáticos De Filosofia: Contribuições Para O Ensino De Ciências [thesis]

Caio Seiji Nagayoshi
Agradeço Aos meus pais, pelo amor incondicional que sempre tiveram por mim; À minha companheira, Lucelia, pelo apoio constante e por acreditar em mim até quando eu mesmo duvidei; Aos meus amigos, que sempre estiveram presentes; Ao meu orientador, Hamilton, que aceitou embarcar nesta jornada comigo; À minha coorientadora, Daniela, que me salvou em mais de uma ocasião; A tantos que contribuíram para a realização deste trabalho de tantas maneiras diferentes: à Sara Green e todo o grupo de História
more » ... o grupo de História e Filosofia da Ciência por me fazerem sentir em casa em Copenhague; ao Nei Nunes Neto por me receber de braços abertos em Salvador e pelo apoio nas diversas etapas de elaboração deste trabalho; a todos do BioIn pelas discussões enriquecedoras; a Douglas Allchin, Maurício Ramos, Osvaldo Pessoa Jr., Patrícia Velasco, Marta Vitória de Alencar, Paulo Henrique Silveira e José Sérgio Fonseca de Carvalho pelas ideias, sugestões, críticas, comentários, indicações, livros emprestados e tantas outras contribuições; à Carol e ao Clayton por cuidarem da nossa casa e da nossa gata nas nossas muitas e prolongadas ausências; E, por fim, um agradecimento especial àqueles que, mesmo sem saberem, são a grande motivação por trás deste e de tantos outros trabalhos: meus alunos. São vocês que dão sentido a estas páginas. It is consensual, in science education, that scientific literacy must involve not only the knowledge of scientific theories and concepts, but also an understanding of the nature of science (NOS). Discussions on NOS draw upon academic disciplines such as philosophy and history of science. At the same time, philosophy of science is a branch of philosophy and, as such, may be taught as part of philosophy education. However, the communication between these two fields is scarce. With the intent of contributing to such dialogue, this work seeks to characterize the images of science conveyed by philosophy textbooks. Methodology is based on content analysis. Excerpts dealing with philosophy of science-related topics were analyzed based on categories elaborated from the literature and the textbooks themselves. Results indicate there are: topics shared by both fields; topics specific to each field; and topics from philosophy of science not represented in any of them. The images vary among the textbooks and, in some cases, diverge from the discussions in NOS. Such results corroborate the thematic convergence, even if partial, between the two fields and the need of dialogue between them. Possible implications for science education are discussed.
doi:10.11606/t.81.2019.tde-17122019-164649 fatcat:sg5czfzq2rbn3fdmt5ntfc7zci