Saberes e a Ciência Ecológica: emergências da complexidade

Sabrina Amaral Pereira, Gionara Tauchen
2019 Revista Latino Americana de Estudos em Cultura e Sociedade  
A ciência ecológica é uma ciência/consciência planetária, pois envolve múltiplas dimensões da vida e suas relações com o mundo. Este estudo de natureza hermenêutica, objetiva compreender a constituição da ciência ecológica, expressando, a partir do pensamento complexo, suas emergências. O estudo decorre dos seguintes questionamos: Quais as consequências/influências dos processos históricos da ecologia enquanto campo da ciência? Quais seus princípios organizadores na contemporaneidade? Diante
more » ... aneidade? Diante das considerações históricas, percebemos a ecologia constituída pela contribuição de múltiplas áreas, as quais contribuíram com diferentes momentos e intenções: descritiva, numérica, unidade na diversidade, princípios organizadores. Logo, compreendemos que cada acontecimento/conhecimento integra, produz e é produzido a cada momento histórico, formando uma espiral recursivamente autoalimentada. No entanto, para pensarmos em uma ecologia emergente, precisamos ampliar esta espiral e observar um emaranhado de múltiplos e infinitos plurianéis em movimento, no qual todos os níveis de organização estão superpostos, interligados, contribuindo para a autoeco-organização. Assim, vemos emergir uma ciência integradora que considera o seu objeto de estudo mergulhado no contexto, descrevendo-o e concebendo-o nas inter-retroações com os mais diferentes componentes, os quais se relacionam com conceitos das diversas disciplinas clássicas, complexificando-os.
doi:10.23899/relacult.v5i4.1177 fatcat:kgzgz4d5prhl7noy4lo7rdaw4i