Da Biblioteca de Montaigne à Cidade das Honnestes Gens de Descartes: Cultura e Política na França de Finais do XVI a Meados do XVII

G.G. Rossatti
2009 Páginas de Filosofia  
Resumo: Busca-se neste artigo compreender as relações tanto de Montaigne quanto de Descartes para com o modelo de humanidade vislumbrado na França desde finais do século XVI denominado de honnêteté. Neste sentido, abordamos mais particularmente as implicações políticas de tal modelo, o qual, baseado na conversação, assume em Montaigne uma faceta mais viril, implicando assim em uma recusa feroz da cultura escolástica em nome da liberdade de consciência, a qual, mesmo se assemelhando bastante aos
more » ... lhando bastante aos valores pregados por Descartes, adquire nos Ensaios características bastante específicas, mais efetivamente masculinas. Já Descartes parece levar o ideal da honnêteté à sua conclusão lógica, no que vislumbra uma relação mais harmonizada -senão descarnada -entre os sexos, o que o faz conceber um esboço, por mais frágil que seja, de uma organização política baseada na conversação/amizade. Palavras-chave: honnêteté, conversação, amizade, individualismo. Abstract It searches in this paper understanding the relationship between Montaigne and Descartes as well and the model of humanity glimpsed in France since the end of century XVI that was named as honnêteté. In this direction, we approach more particularly the political implications of that model which assumes in Montaigne, based in the conversation, a more virile facet implying a fierce refusal of the scholastic culture on behalf of the freedom of the conscience which, even being similar to the values nailed for Descartes, acquires very specifics characteristics in the Essays, more effectively * Doutorando do Programa Interdisciplinar em Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina -UFSC. Endereço eletrônico: jjrossatti@yahoo.com. DA BIBLIOTECA DE MONTAIGNE... Revista Páginas de Filosofia, v.1, n.2, p. 79-91, jul/dez 2009. 80 masculine. However, Descartes takes the ideal of honnêteté to its logical conclusion, when glimpse a more harmonized -or uncarnal -relationship between the genders, what make him conceive a sketch, even fragile, of a political organization based on conversation/friendship.
doi:10.15603/2175-7747/pf.v1n2p79-91 fatcat:xo4rybh3mvgupd4ygmfvwqnsou