Eugenia e higienização: a educação eugênica para crianças na rede pública de ensino a partir do livro "A Fada Hygia" de Renato Kehl de 1937

Jaqueline Bevilacqua Zamarchi
2021 Revista Cadernos de Clio  
O presente artigo busca discutir a obra A Fada Hygia de Renato Kehl, mais especificamente sua 5° edição lançada em 1937, com o objetivo de identificar onde e como o discurso eugenista se encontra presente na obra de cunho infantil utilizado no processo de alfabetização no início do século XX. Para tal, será discutido inicialmente como as teorias eugênicas surgiram e o contexto que permitiu sua legitimação e rápida propagação no ocidente. Logo após será abordado o momento em que a eugenia se
more » ... belece no Brasil e as particularidades que ela veio a desenvolver em solo brasileiro, tendo foco principal sobre Renato Kehl, um dos maiores expoentes da eugenia no Brasil.
doi:10.5380/clio.v11i2.79839 fatcat:pv6ddbntgzhgrbh7ck3qxxlbcq