Produtividade e investimento no setor de bens de capital: uma análise do Brasil entre 1996 e 2013

Polliany Aparecida Lopes de Carvalho, Jorge Nogueira de Paiva Britto
2018 Blucher Engineering Proceedings   unpublished
Resumo Este presente trabalho tem por objetivo analisar os impactos do investimento na produtividade do trabalho no setor de bens de capital do Brasil entre os anos de 1996 e 2013. Neste estudos, os investimentos serão representados pelos dados de aquisições, nas quais são fatoradas em quatro modalidades, aquisições de máquinas, meio de transporte, terrenos e outras aquisições. Para cumprir o objetivo proposto, são geradas algumas estimativas das elasticidades (modelo de painel dinâmico:
more » ... el dinâmico: GMM-Sistema) produtividade-aquisições. O estudo parte do pressuposto de que os investimentos afetam positivamente os incrementos de produtividade do trabalho, portanto as modalidades de aquisições analisadas, vão em alguma medida afetar os incrementos de produtividade. Os resultados obtidos mostram que: i) não é possível concluir sobre os impactos dos investimentos em aquisições de maquinas e equipamentos sobre os incrementos de produtividade; ii) as demais modalidades de aquisições impactam positivamente nos ganhos de produtividade no setor e iii) apesar de os investimentos analisados impactarem nos ganhos de produtividade, há outras variáveis ou modalidades de investimentos que não foram consideradas neste trabalho que podem afetar a produtividade, pois as elasticidades obtidas foram inelásticas. Abstract This paper aims to analyze the impacts of physical investments in labor productivity in the Brazilian capital goods sector between 1996 and 2013. In this study, investments are represented by data about asset acquisition, which are separated into four modalities:, acquisitions of machinery, acquisitions of means of transport, acquisitions of land and buildings and other acquisitions. To achieve the proposed goal, estimates of the elasticities between asset acquisition and productivity are generated through econometric tools (a dynamic panel model -GMM-System). The study assumes that investments in physical assets affect positively the growth of labor productivity, with this effect being disaggregated and compared to the different modalities of asset acquisition. The results show that: i) it is not possible to obtain conclusive evidences about the effect ive impacts of investments in machinery acquisitions on productivity growth; ii) the other asset acquisition modalities have a positive impact on productivity; and iii) although the modalities of investments analyzed have a limited impact on productivity growth, there are other modalities of investments that were not considered in this study that can affect productivity.
doi:10.5151/enei2018-75 fatcat:hskzrrxz3zeddaveu7mjxufaza